Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4404
Title: Qualidade do sono em idosos com insuficiência cardíaca: um estudo baseado no índice de qualidade do sono de Pittsburgh (IQSP-BR)
Authors: Rocha, Larissa Fernandes da
metadata.dc.contributor.advisor: Brum, Ana Karine Ramos
metadata.dc.contributor.members: Brum, Ana Karine Ramos
Correia, Dayse Mary da Silva
Valente, Geilsa Soraia Cavalcante
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Rocha, Larissa Fernandes da. Qualidade do sono em idosos com insuficiência cardíaca: um estudo baseado no índice de qualidade do sono de Pittsburgh (IQSP-BR). 2012. 128 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2012.
Abstract: Introdução: Os idosos são os indivíduos mais acometidos por doenças cardiovasculares, principalmente por serem expostos por um tempo mais prolongado ao processo de envelhecimento, a fatores ambientais, a uma alimentação inadequada e às constantes mudanças no estilo de vida. Nesse contexto, a Insuficiência Cardíaca surge como uma doença crônica debilitante, capaz de gerar manifestações clínicas que influenciam negativamente no bem-estar biopsicossocial dos sujeitos, inclusive na qualidade do sono. Um sono insatisfatório pode gerar a exacerbação das manifestações clínicas apresentadas nessa patologia. Objetivos: Identificar os pacientes com IC de acordo com os dados sócio-demográficos e clínicos obtidos; aplicar o IQSP-BR em pacientes portadores de IC em tratamento ambulatorial no HUAP/UFF; caracterizar a qualidade do sono desses pacientes de acordo com as respostas obtidas através do IQSP-BR e discutir a qualidade do sono do portador de IC frente a prática gerencial de enfermagem. Metodologia: Estudo descritivo-exploratório com abordagem quantitativa. Foi realizado com 50 pacientes em tratamento ambulatorial na Clínica de IC do HUAP/UFF. A coleta dos dados ocorreu nos meses de dezembro de 2011 a março de 2012, através da aplicação do questionário autopreenchível e de instrumento para coleta de dados sócio-demográficos e clínicos. A seleção dos pacientes ocorreu mediante os critérios de inclusão e exclusão e obedecendo os aspectos éticos e legais da pesquisa. Os dados foram organizados em banco de dados no programa Microsoft Excel e posteriormente transformados em tabelas e gráficos, de acordo com a estatística descritiva. Resultados: Quanto à caracterização sócio-demográfica dos participantes, tem-se: média de idade de 73,66 anos, 54% da amostra pertenciam ao sexo masculino, 66% eram trabalhadores inativos e 46% se declararam do estado civil casado. Em relação às variáveis clínicas, destacaram-se: 56% dos sujeitos relataram realizar tratamento no ambulatório entre 1 a 5 anos; quanto às classes funcionais da IC, 24% dos pacientes eram da classe I, 54% da classe II, 22% pertenciam a classe III e nenhum paciente foi classificado na classe IV. Na análise da qualidade do sono, dois componentes apresentaram as maiores médias no IQSP: Eficiência habitual do sono e Alterações do sono, sendo então os mais comprometidos nesta amostra. Em relação à pontuação final do IQSP, 6% dos pacientes obtiveram escores entre 0 a 4, tendo uma boa qualidade do sono; 42% pontuaram entre 5 a 10 pontos, sendo classificados com uma qualidade ruim do sono e 52% obtiveram uma pontuação >10, classificados como portadores de distúrbios do sono. Conclusão: Em relação aos objetivos que nortearam esta pesquisa, pode-se dizer que estes foram totalmente contemplados e questões referentes a essa temática foram esclarecidas, assim como, a relevância clínica do estudo do sono. Também foi realizada uma discussão entre gerência e cuidado de enfermagem, sintetizando que a associação entre o processo de cuidar e gerenciar implica em uma reestruturação do trabalho de enfermagem, visando a integralidade dos sujeitos e incorporando conhecimentos, competências e ações. Como contribuição do estudo, destaca-se um instrumento, formulado pela autora, para o controle da qualidade do sono.
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: The elderly are the most affected by cardiovascular diseases, mainly because they are exposed for a longer time to the aging process, environmental factors, inadequate feeding and constant changes in lifestyle. In this context, heart failure (HF) arises as a debilitating chronic disease that can produce clinical manifestations with negatively influence for the biopsychosocial welfare of people, including the sleep quality. A poor sleep can cause the exacerbation of clinical symptoms in this pathology. Objectives: Identify patients with HF according to the socio-demographic and clinical data obtained; apply the PSQI, portuguese brazilian version, in patients with HF in outpatient treatment in HUAP/UFF; characterize the sleep quality of these patients according to the answers obtained by PSQI-BR and discuss about sleep quality according to the nursing practice care and nursing management. Methodology: It is an exploratory and descriptive study with a quantitative approach. Was conducted with 50 patients in outpatient treatment at the HF clinic in HUAP/UFF. Data collection occurred from December 2011 to march 2012, through the application of the self-administered questionnaire (PSQI) and an instrument for collection socio-demographic and clinical data. They were organized into a database in Microsoft Excel and later transformed into charts and graphs, according to descriptive statistics. Results: For the socio-demographic characterization, we have: an average age of 73,66 years, 54% of the sample were male, 66% retired workers and 46% married. The clinical variables were identified: 56% of the patients carry out treatment between 1 and 5 years; 24% of them were in HF functional class I, 54% in class II, 22% in class III and no patient was classified in class IV. In the analysis of sleep quality, two components had the highest average in PSQI, being the most committed in this sample, were: sleep efficiency and sleep disturbance. Regarding the final PSQI score, 6% of patients had scores between 0 and 4, having a good sleep quality, 42% scored between 5 and 10 points, classified with a poor sleep quality and 52% scored > 10, classified as having sleep disorders. Conclusion: All objectives of this study were made, important questions about sleep were clarified and the clinical importance about the sleep was evident. A discussion about management and the nursing care was held for synthesizing the association between care process and manage. This implies in a restructuring of the nursing work, aiming the integrality of the subjects and incorporating knowledge, skills and actions. The study contributed for the formulation, by the author, of an instrument which is capable to control the quality of sleep.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4404
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Larissa Fernandes da Rocha.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons