Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4440
Title: Hospitalização e DCNTs : perspectivas educativas do enfermeiro
Authors: Chibante, Carla Lube de Pinho
metadata.dc.contributor.advisor: Espírito Santo, Fátima Helena do
metadata.dc.contributor.members: Espírito Santo, Fátima Helena do
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Chibante, Carla Lube de Pinho. Hospitalização e DCNTs : perspectivas educativas do enfermeiro. 2012. 82 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2012.
Abstract: Trata-se de um estudo sobre o perfil de clientes hospitalizados com DCNTs com abordagem quantitativa, com delineamento descritivo e transversal cujos objetivos foram: analisar o perfil dos clientes adultos e idosos hospitalizados com DCNTs e o risco de readmissão hospitalar; descrever o perfil dos clientes adultos e idosos hospitalizados com DCNTs e discutir as possibilidades de intervenção do enfermeiro com clientes hospitalizados com DCNTs. A pesquisa foi realizada em um hospital universitário, localizado no município de Niterói, RJ, no período de janeiro a março de 2012, com 60 sujeitos, adultos e idosos que estavam internados nas clínicas médica feminina e masculina. A coleta de dados foi desenvolvida através de análise documental em prontuários; roteiro para histórico dos clientes hospitalizados; aplicação da Escala de Perroca para identificação do nível de dependência dos cuidados de enfermagem. Os dados coletados foram submetidos à análise estatística simples. Os resultados apontaram como perfil dos clientes: média de idade de 53,2 ± 16,34, maioria do sexo masculino, procedentes do município de Niterói; casados com média de 2,3 ± 1,56 filhos; prevalência de sujeitos com ensino fundamental incompleto e aposentados. Os diagnósticos médicos mais frequentes que determinaram a hospitalização foram as doenças do aparelho circulatório, seguidas das doenças do aparelho digestivo, geniturinário, respiratório e neoplasias. Foi observada a presença de pelo menos uma comorbidade nos clientes hospitalizados. Os diagnósticos médicos secundários principais foram doenças do aparelho circulatório – hipertensão arterial, e as doenças endócrinas e metabólicas como a diabetes mellitus. A média da permanência hospitalar foi de 21,33 ± 19,05 dias. A maioria dos sujeitos sofreu readmissão hospitalar no período de um ano. O intervalo entre essas admissões teve como média 135,83 ± 85,12 dias. A maioria dos sujeitos não apresentou dependência dos cuidados pela equipe de enfermagem. Foram destacados os principais fatores de risco relacionados às DCNTs, como a inatividade física, hipertensão, tabagismo, uso de álcool, IMC, baixo consumo de frutas e legumes, taxas de colesterol e triglicerídeos, nível de estresse e a história familiar de doença. Conclui-se que a readmissão hospitalar é um indicativo de fragilidade que está relacionada à instalação gradativa e/ou perda de capacidade funcional em diversos graus, interfere na qualidade de vida dos adultos e idosos, no aumento dos custos no tratamento dessas doenças e indicam a necessidade de acompanhamento contínuo pela equipe de saúde em todas as esferas de cuidado. A detecção precoce da vulnerabilidade das pessoas e a promoção e educação no sentido de incentivar práticas saudáveis de viver podem minimizar o surgimento e agravamento das condições crônicas. O enfermeiro deve implementar ações educativas, estimulando o autocuidado, visando incentivar o cliente na tomada de decisão quanto a adoção de hábitos mais saudáveis e um estilo de vida favorecendo o bem estar e a consciência da importância do cuidado de si para melhoria da sua condição de saúde e qualidade de vida.
metadata.dc.description.abstractother: It is a study on the profile of the clients institutionalized with DCNTs with quantitative approach, with descriptive and transversal outlining, whose objectives have been: To analyze profile of adult and elder clients institutionalized with DCNTs and the risk of hospital readmission; to describe the profile of adult and elder clients institutionalized with DCNTs and to discuss the possibilities of nurse`s intervention to clients institutionalized with DCNTs. The research was performed at a university hospital, located in the Niteroi, RJ, county, in the period from January through March 2012, with 60 subjects, adults and elders, who were institutionalized in the female and male medical clinic. Data collection was developed through documental analysis in the file reports; guide for historic of the clients institutionalized; application of Perroca`s Model for identification of dependency level to the nursing cares. Data collected have been submitted to the simple statistical analysis. Results indicated as the clients` profile: age average of 53.2 ± 16.34, most of male gender, from Niteroi County; married with the average of 2.3 ± 1.56 children; prevalence of individuals with uncompleted fundamental scholarity and retired. The more frequent medical diagnose that have determined institutionalization were circulatory diseases, followed by digestive diseases, genitourinary, respiratory and neoplasias. It has been observed the presence of at least one comorbidity in the clients institutionalized. The main secondary medical diagnose have been dieses from the circulatory system – arterial hypertension – and endocrinological and metabolic diseases, like diabetes mellitus. The average of hospital stay was of 21.33 ± 19.05 days. Most of individuals had hospital readmission in one year period. The interval between these admissions had as average 135.83 ± 85. Most of the individuals didn`t present dependency by the nursing team. It has been outlined the main risk factors related to the DCNTs, as physical inactivity, hypertension, smoking habit, use of alcohol, IMC, low fruits and vegetables consumption, cholesterol and triglycerides, stress and family history of the disease. It is concluded that hospital readmission is an indicative related to the gradual evolution and/or loss of the functional capacity in several grades, interfering in the life quality of adults and elders, in the increasing of the costs for the treatment of these diseases and they indicate the need of a continuous accompanying by the health team in all areas of care. The precocious detection of the vulnerability of people and the promotion and education in the sense of stimulating healthy practices of living can minimize the appearance and the aggravation of chronic conditions. Nurse should implement educative actions, stimulating the self-care, aiming to encourage the adoption of healthier care and a life style, favoring the well-being and the consciousness as to the importance of the self-care for improving the health condition and life quality.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4440
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Carla Lube de Pinho Chibante.pdf538.34 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons