Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4451
Title: Sedimentação orgânica recente da Lagoa do Caçó-Maranhão (MA)
Authors: Oliveira, Fernanda Barreto Lagoeiro de
metadata.dc.contributor.advisor: Sifeddine, Abdelfettah
Issue Date: 11-Sep-2017
Abstract: Neste estudo foi caracterizada a sedimentação recente de matéria orgânica da Lagoa do Caçó (MA), localizada em uma região fortemente influenciada pela Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), uma das responsáveis pela dinâmica climática do Brasil. Foram coletados cinco testemunhos ao longo de um perfil batimétrico com respectivamente 1.5; 3; 4; 6 e 9 metros de coluna d’água. Este perfil apresenta uma clara zonação biológica com presença de macrófitas na margem (0 a 0.5m), passando por uma região com macrófitas associadas a algas epifíticas (0.5 a 2m), a uma região com vegetação submersa (2 a 5.5m), até completa ausência de vegetação (acima de 5.5 m). A caracterização da sedimentação recente da lagoa foi feita através da análise de marcadores orgânicos, que possuem a propriedade de identificar a origem e o estado de preservação da matéria orgânica depositada. Foram utilizados os seguintes marcadores: conteúdo de carbono, nitrogênio e razão C:N; composição isotópica do carbono e do nitrogênio; petrografia da matéria orgânica (identificação e classificação de fragmentos microscópicos) e quantificação de derivados de clorofila. Os resultados demonstraram uma alta produtividade na margem da lagoa, que decresce com a profundidade, gerando, portanto, dados característicos para cada ambiente, permitindo, então, que os registros obtidos sejam utilizados como padrões para avaliação das paleoprofundidades da Lagoa do Caçó (MA). A razão entre a matéria orgânica não vascular e a matéria orgânica vascular mostrou ser o melhor marcador de profundidade. A análise dos testemunhos curtos possibilitou dividir o período estudado em cinco fases segundo os dados gerados pelos marcadores orgânicos. Os resultados sugerem a elevação do nível do lago durante as fases I a IV e em seguida uma diminuição do nível do lago até a fase V representada pelos dias atuais. Variações no nível do lago foram relacionadas com as precipitações anuais e os casos de secas (causadas pelos eventos El Niño) e chuvas abundantes (causadas pela La Niña), que possibilitaram sugerir a influência desses mecanismos no nível do lago
metadata.dc.description.abstractother: Elemental, isotopic compositions and palynofacies observations of organic matter in surficial sediments from a transect across Lagoa do Caçó (MA – Brazil) have been analyzed to investigate the processes that participate in the production and deposition of sedimentary organic matter. Five cores were collected along a bathymetric profile with 1,5; 3; 4; 6 and 9 meters respectively. This transverse profile starts in a margin (0 to 0,5m), provides a clear biological zonation with the occurrence of emergent macrophytes, declines through a region with macrophytes in association with epiphytic algae (0,5 to 2 m), exceeds a region with submerged vegetation (2 to 5,5 m) up to a complete absence of vegetation (over 5,5 m). The variation of these parameters shows in the marginal zone a gradient between 0 to 4 meters decreasing for TOC, C/N, chlorophyll derivates, and d13Co/oo and increasing for d15N o/oo values. They start at 0,5 m with values around 22, 14, -25 o/oo and between 0 and 1 o/oo and reach 10, 8, -29 o/oo and 5 o/oo respectively at 4 meters water deep characterizing therefore this emergent macrophytes vegetation. These values remain stable between 4 and 10 meters to the phytoplanktonic production with weaker marginal influence. The palynofacies results show a same pattern marked by an increase of the terrestrial organic matter from the margin to the center. Concluding, it is strictly relevant to consider that the bulk and isotopic compositions mark the biological zonation of Lagoa do Caçó (MA- Brazil), which show that the high productivity occurs in the marginal area linked to macrophyte vegetation and tend to decrease until disappear at 4 meters. The variations of these elemental, isotopic and petrographyc parameters obtained from the five cores collected in those different zones of Caçó Lake have provided 5 paleohydrological phases marked by an increase of the lake level until the last unit when it starts to decrease. These lake level changes are probably linked to the regional hydrological balance whic h is associated to the annual rainfall distributions influenced, at the same time, by the Pacific and Atlantic variability.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4451
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇAO FERNANDA LAGOEIRO.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.