Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4458
Title: A criança em situação de violência sexual: uma revisão de literatura
Authors: Silva, Barbara Diniz Cunha Cruz da
metadata.dc.contributor.advisor: Aguiar, Rosane Cordeiro Burla de
metadata.dc.contributor.members: Aguiar, Rosane Cordeiro Burla de
Cunha, Sílvia
Machado, Maria Estela Diniz
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Silva, Barbara Diniz Cunha Cruz da. A criança em situação de violência sexual: uma revisão de literatura. 2013. 65 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: Introdução: A violência ganha mais relevância com os movimentos de prevenção e atenção especializada a partir da década de 1980, em consequência do reconhecimento do aumento substancial das taxas de morbimortalidade infantil. A etiologia do abuso infantil não é bem elucidada; entretanto, acredita-se que há uma interação entre os fatores que podem predispor à prática da violência intrafamiliar. Os motivos que geralmente deflagram o processo de violência são: estresse ambiental, como o estresse, a pobreza, o desemprego, a má condição de moradia, o alcoolismo e as drogas, características de personalidade dos pais e as características da criança. Dentre todas as violências uma das que esta mais aparente atualmente é a violência sexual, o abuso sexual, a exploração sexual. Compreende-se por abuso sexual, todo jogo ou ato sexual que ocorra na relação heterossexual ou homossexual, cujo agressor esteja num estágio de desenvolvimento psicossocial mais adiantado que o da criança. Objetivos: Identificar os profissionais que mais publicaram sobre violência sexual contra criança, descrever os conteúdos encontrados nas produções analisadas e analisar os conteúdos encontrados nas produções analisadas a luz da literatura cientifica. Objeto: A produção científica brasileira sobre as crianças e adolescentes vítimas de violência sexual no período de 2008 a 2012. Metodologia: Tipo: Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa dos dados na modalidade de revisão bibliográfica. Sendo uma pesquisa bibliográfica foi inicialmente realizada busca nas bases de dados LILACS, SCIELO e MEDLINE. Durante a busca foram utilizados os descritores: “crianças”, “violência” e “violência sexual”. A analise foi feita a partir da construção de um quadro onde se separava os artigos, depois que os artigos foram escolhidos foi feita a marcação dos conteúdos e assim surgiram os subtemas, que depois de assimila-los e distancia-los surgiu às categorias. Aplicando-se os critérios de inclusão e exclusão do estudo teve-se a exclusão de 76 artigos no LILACS, 9 artigos no MEDLINE e 24 artigos no SCIELO, totalizando 109 artigos excluídos, dos 115 artigos encontrados. Sendo assim, permaneceram no estudo 6 artigos. Apresentação e discussão dos dados: Foi visto que os profissionais que mais publicam são os psicólogos e temos mais um artigo de um enfermeiro e um de um antropólogo. E as categorias que surgiram foram: Características gerais da violência sexual em crianças; O agressor; Os diferentes comportamentos da mãe e da criança frente à situação de violência sexual; O profissional frente à criança que sofreu violência sexual; e Trajetória do abuso sexual. Demonstramos assim que a visão desta temática deve ser uma visão especializada, onde nem sempre o foco é apenas a criança vitimizada, como também o agressor e os profissionais que acolhem esta. Por isso, este estudo foi de grande relevância para ampliarmos a nossa perspectiva de cuidado a temática violência sexual.
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: Violence became more important with the movements of prevention and specialized care from the 1980s,, as a result of the recognition of the substantial increase in rates of infant morbidity and mortality. The etiology of child abuse is not well elucidated, however, it is believed that there is an interaction between the factors that may predispose to the practice of family violence. The reasons that usually trigger the process of violence are: environmental stress, such as stress, poverty, unemployment, poor living conditions, alcoholism and drugs, personality characteristics of the parents and child characteristics. Among all of the violence, the most apparent is sexual violence, sexual abuse and sexual exploitation. It is understood by sexual abuse some or whole sexual act that occurs in heterosexual or homosexual, whose perpetrator is in a stage of psychosocial development earlier than the child. Objectives: To identify the professionals with more publication about sexual violence against children, describe the contents found in the productions analyzed and analyze the contents found in the productions analyzed in light of the scientific literature. Object: The Brazilian scientific production on child and adolescent victims of sexual violence in the period from 2008 to 2012. Methodology: Type: descriptive study with a qualitative approach in the form of literature review. It was initially conducted in the databases LILACS, SciELO and MEDLINE. During the search we used the descriptors "children", "violence" and "sexual violence." The analysis was made from building a framework where we separated the articles after the articles were chosen, and thus came the subthemes, which assimilates after them and then came the categories. Applying the criteria for inclusion and exclusion of the study was the exclusion of 76 articles in LILACS, 9 and 24 in MEDLINE articles in SCIELO, totaling 109 articles excluded, the 115 articles found. Therefore, remained in the study 6 articles. Presentation and discussion of the data: Of the articles we survey, we saw that most were published by psychologists, with only one nurse and one of the anthropologist. And the categories that were emerged are: General Characteristics of children's sexual abuse; The assailant; The different behaviors of the mother and child to face sexual violence situations; Professionals infront of the child who has suffered sexual violence, the paths to be followed. We demonstrate how the vision of this issue should be a specialized view where the focus is not always just the victimized child, but also the aggressor and professionals that embrace this. Therefore, this study was of great importance to broaden our perspective of care themed sexual violence.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4458
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Bárbara Diniz Cunha Cruz da Silva.pdf422.64 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons