Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4560
Title: Emoções manifestas pelos familiares de crianças em relação a hospitalização
Authors: Marques, Liliane Corrêa
metadata.dc.contributor.advisor: Tavares, Cláudia Mara Mello
metadata.dc.contributor.members: Tavares, Cláudia Mara Mello
Silva, Luciane Rodrigues da
Moreira, Elaine Cristina Sayão Gray
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Marques, Liliane Corrêa. Emoções manifestas pelos familiares de crianças em relação a hospitalização. 2010. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2010.
Abstract: Estudo de natureza qualitativa descritiva, sobre as emoções manifestas pelos familiares de crianças hospitalizadas em relação ao processo de adoecimento, crianças essas hospitalizadas no Hospital Universitário Antonio Pedro HUAP/UFF. O objetivo geral foi analisar as emoções dos familiares que participam ativamente do tratamento do seu filho/criança internado, assim como; Compreender como a internação pediátrica interfere na vida da família; Identificar as principais emoções dos familiares sobre os problemas decorrentes da internação relacionando-as as soluções cabíveis no âmbito da enfermagem; Propor medidas que minimizem o sofrimento emocional dos familiares decorrentes da internação da criança. Para isso foram realizadas 15 entrevistas semi-estruturadas, com 7 questões abertas, que posteriormente foram analisadas, para análise das entrevistas utilizou-se a análise de conteúdo e a partir dessa análise foram definidas 3 categorias: Categoria I - Interferência da internação pediátrica na vida da família; Categoria II- Principais emoções manifestas; Categoria III- A contribuição da enfermagem para minimizar o medo da família. Conclui-se que embora a participação dos enfermeiros tenha sido apontada como positiva e atenciosa pelos familiares, sugerimos que os mesmos participem mais da orientação dos pais. Espero ter provocado momentos de reflexão para que os profissionais de saúde prestem acompanhamento não somente a criança enferma, mas também à sua família, cuidando assim de suas demandas emocionais.
metadata.dc.description.abstractother: Descriptive qualitative study on the expressed emotion by family members of hospitalized children in relation to the disease process, these children hospitalized in the Antonio Pedro University Hospital UFF. The objective was to analyze the emotions of family members who actively participate in the management of your child / children hospitalized, and; Understand how pediatric hospitalization interferes in family life; identify the main concerns of families about the problems caused by relating them to the hospital reasonable solutions in nursing; propose measures to minimize the emotional distress resulting from the admission of relatives of the child. Were performed to 15 semi-structured interviews with seven open questions, which were then analyzed for analysis of the interviews used the content analysis and from this analysis were defined three categories: Category I - Interference of the life of the inpatient pediatric family, Category II-Major expressed emotion, Category III-The contribution of nursing to minimize the fear of the family. We conclude that although the participation of nurses has been identified as positive and caring for family members, we encourage them to participate more guidance from parents. I hope I have brought moments of reflection so that health workers provide not only monitoring the sick child, but also to his family, so taking care of her emotional demands.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4560
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Liliane Corrêa Marques.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons