Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4626
Title: O perfil de indivíduos com doença inflamatória intestinal na Região Metropolitana II do Rio de Janeiro: contribuição da enfermagem
Authors: Silva, Christien Aurélio Lima de Oliveira da
metadata.dc.contributor.advisor: Coutinho, Cláudia Mara Lara Melo
metadata.dc.contributor.advisorco: Ferreira, Helen Campos
metadata.dc.contributor.members: Coutinho, Cláudia Mara Lara Melo
Ferreira, Helen Campos
Costa, Márcia Henriques de Magalhães
Abalo, Alessandra Alves
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Silva, Christien Aurélio Lima de Oliveira da. O perfil de indivíduos com doença inflamatória intestinal na Região Metropolitana II do Rio de Janeiro: contribuição da enfermagem. 2013. 80 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: A doença inflamatória intestinal (DII) pode afetar negativamente a qualidade de vida de indivíduos que a possuem. Poucos são os estudos publicados que abordam as contribuições do enfermeiro na promoção da qualidade de vida desses indivíduos. Dessa forma, a presente pesquisa tem por objetivo investigar a possível correlação de perfil clínico, de aspectos nutricionais, sociais e demográficos com a qualidade de vida de indivíduos com doença inflamatória intestinal, acompanhados no ambulatório de Gastroenterologia do Hospital Universitário Antônio Pedro, situado no município de Niterói, Rio de Janeiro, visando contribuir para elaboração de ações e intervenções do enfermeiro que promovam a qualidade de vida dos mesmos. Trata-se de um estudo transversal, descritivo e de abordagem quantitativa. Realizou-se entrevista com os sujeitos, através da qual foram coletados dados sóciodemgráficos, nutricionais e clínicos, sendo também aplicado o Inflammatory Bowel Disease Questionnaire (IBDQ), questionário traduzido e validado para a língua portuguesa, para avaliação da qualidade de vida de forma mais específica para os aspectos da doença inflamatória intestinal. Foi realizada análise dos prontuários dos sujeitos com a intenção de ampliar as informações clínicas e sociodemográficas. Os dados foram coletados entre os meses de setembro e novembro de 2013, sendo entrevistados nesse período o total de 20 indivíduos, destes 13 (65%) possuíam o diagnóstico de DC e sete (35%) de RCU. As médias de cada domínio e do IBDQ total estiveram além do valor referente à metade das pontuações, o que demonstra que os indivíduos com DII, de acordo com os parâmetros investigados, apresentam tendência de melhor qualidade de vida. Contudo, foi observada a presença de problemas de saúde na população estudada, tais como: alterações gastrointestinais, doenças concomitantes, alterações na saúde mental, tabagismo, sedentarismo, obesidade, grande número de internação hospitalar por motivos gastrointestinais, desconhecimento quanto ao processo de doença concomitante. No cenário da pesquisa, verificou-se que os únicos representantes da equipe de enfermagem eram técnicos/auxiliares de enfermagem, que possuíam como tarefa a organização do atendimento. Concluiu-se que os fatores que afetam a qualidade de vida de indivíduos com DII não são objeto do cuido de enfermagem nesse setor, no entanto o enfermeiro possui competências para integrar a equipe de saúde a nível ambulatorial e realizar assistência de enfermagem de qualidade, inclusive através da realização da consulta de enfermagem ou atividades educativas em saúde no local de espera pelo atendimento. Ressalta-se, por fim, que há a necessidade da realização de estudos mais aprofundados e detalhados na área para que se possa determinar e avaliar as contribuições do enfermeiro para a promoção de saúde, e consequentemente da qualidade de vida dos indivíduos com DII.
metadata.dc.description.abstractother: Inflammatory bowel disease (IBD) may adversely affect the quality of life of individuals with this disease. There are few published studies about contributions of nurses in improving the quality of life of these individuals. Then , this research aims to investigate the possible correlation between clinical profile, nutritional , social and demographic aspects and the quality of life of patients with inflammatory bowel disease as outpatients of Gastroenterology at University Hospital Antonio Pedro, in Niterói, Rio de Janeiro, aiming to contribute to the elaboration of actions and interventions of nurses that promote quality of life of these individuals . This is a cross-sectional descriptive study with a quantitative approach We conducted interviews with the subjects, through which social, demographic, nutritional and clinical data were collected , and also applied the Inflammatory Bowel Disease Questionnaire (IBDQ ), a validated and translated questionnaire into Portuguese, to assess quality of life with more specific to inflammatory bowel disease aspects. Patient records were analyzed to expand the clinical, social and demographic informations. Data were collected between September and November 2013, and during this period a total of 20 individuals was interviewed, 13 of these (65 %) had a diagnosis of CD and seven (35 % ) of UC . Averages of each domain and total IBDQ were beyond the half of the scores, which demonstrates that patients with IBD, according to the parameters investigated, present a trend to better quality of life. However, presence of health problems in this population was observed such as: gastrointestinal disorders, concurrent diseases, changes in mental health, smoking, sedentary lifestyle, obesity, high number of hospitalization for gastrointestinal reasons, unknowledge about disease concurrent process. In the research scenario, it was found that the only representatives of the nursing staff were nursing technicians/auxiliaries, who had the task of organizing the service. It was concluded that factors affecting the quality of life of IBD patients are not object of nursing care at this department, however nurses have skills to be included to health team of these outpatients and perform nursing care with quality, including through nursing consultation or health education activities at the place where patients wait for physician consultation. Finally, it is emphasized that there is need to conduct more and detailed studies in this area so that can determine and assess the contributions of nurses to promote health, and consequently the quality of life of individuals with IBD.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4626
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Christien Aurélio Lima de Oliveira da Silva.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons