Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4630
Title: Utilização do lúdico pela equipe de enfermagem no cuidado à Criança com doença onco-hematológica hospitalizada
Authors: Depianti, Jéssica Renata Bastos
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Liliane Faria da
metadata.dc.contributor.members: Silva, Liliane Faria da
Lopes, Francisca de Souza
Monteiro, Ana Claudia Moreira
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Depianti, Jéssica Renata Bastos. Utilização do lúdico pela equipe de enfermagem no cuidado à Criança com doença onco-hematológica hospitalizada. 2012. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2012.
Abstract: As leucemias e os linfomas estão entre as doenças onco-hematológicas que mais acometem as crianças. O tratamento dessas patologias requer longos períodos de internação. A hospitalização é um fator impactante e estressante na vida da criança, gerando mudanças comportamentais e emocionais. Além disso, requer que ele se adapte a um novo ambiente e rotinas. A enfermagem é a categoria profissional que passa a maior parte do tempo com a criança, sendo assim é necessário que sejam criadas estratégias que minimizem os prejuízos gerados pela hospitalização. A equipe de enfermagem pode adotar o lúdico como parte de sua assistência. O lúdico possui uma definição abrangente não se limitando apenas a recursos materiais como o brinquedo. Ele possui um valor terapêutico e aumenta o vínculo entre profissional e criança. Neste sentido, este estudo tem como objetivos: 1) Identificar se a equipe de enfermagem utiliza o lúdico durante sua assistência à criança com doença oncohematológica hospitalizada; 2) Descrever as facilidades, benefícios e dificuldades apontados pela equipe de enfermagem na utilização do lúdico durante a assistência à criança com doença onco- hematológica hospitalizada. Foi realizado estudo descritivo, com abordagem qualitativa. O cenário foi um setor de internação pediátrica de um Hospital da cidade do Rio de Janeiro. Os sujeitos da pesquisa foram 11 profissionais de enfermagem, enfermeiros e técnicos, que atuam no cuidado direto à criança hospitalizada. A coleta de dados foi realizada em duas etapas, sendo a primeira uma observação não participante seguida de entrevista semiestruturada. Foram respeitados os aspectos éticos contidos na Resolução 196/96, do Conselho Nacional de Saúde, que define as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. As falas dos sujeitos foram transcritas na íntegra e após analisados através da análise temática emergiram as seguintes unidades temáticas: definindo o lúdico; o uso do lúdico durante a assistência à criança com doença onco-hematológica; os benefícios e as facilidades do uso do lúdico; as dificuldades do uso do lúdico. Emergiram ainda as subunidades: momentos de utilização do lúdico; formas de utilização do lúdico. Conclui-se que o lúdico é um potente instrumento redutor dos estresses gerados pela hospitalização e também um recurso facilitador e gerador de vínculo entre criança e seu cuidador. A equipe de enfermagem deve utilizar este recurso como parte do cuidado, objetivando prestar uma assistência mais humanizada à criança. Este estudo contribui para ampliar a reflexão e discussão acerca do uso do lúdico dentro do ambiente hospitalar e ainda ratificar a importância da abordagem da temática nas escolas de enfermagem, objetivando formar profissionais qualificados para cuidar de crianças hospitalizadas.
metadata.dc.description.abstractother: The leukemias and lymphomas are the onco-hematological diseases that most affect children. The treatment of these pathologies requires prolonged hospitalization. Hospitalization is stressful and a factor in a child's life, causing emotional and behavioral changes. Furthermore, it requires adapting to a new environment and routines. Nursing is a professional category that spends most time with the child, so they must create strategies to minimize the loss caused by hospitalization. The nursing staff can take the play as part of their assistance. The playful has a broad definition not limited to material resources like toys. It has a therapeutic value and increases the bond between professional and child. Thus, this study aims to: 1) Identify the nursing team uses the playful during their care to children with onco-hematological disease hospitalized, 2) Describe the features, benefits and difficulties raised by the nursing staff in the use of recreational during the care of children with onco-hematological disease hospitalized. Descriptive study was conducted with a qualitative approach. The scenario was a sector at Pediatric sector in a Hospital in Rio de Janeiro. The subjects were 11 nursing professionals, nurses and technicians who work in direct cares with hospitalized children. Data collection was conducted in two stages, the first one non-participant observation followed by semi-structured interview. We have respected the ethical aspects contained in Resolution 196/96, the National Health Council, which sets the guidelines and rules for research involving humans. The participants' speech were transcribed and analyzed through the following thematic analysis emerged the following thematic units: the playful setting, the use of playful during cares of children with onco-hematological disease, the benefits and use of recreational facilities; the difficulties of using the play. Subunits have emerged: the use of leisure time; ways to use the play. We conclude that the play is a powerful tool for reducing stress generated by the hospital and also a resource facilitator and generator bond between child and caregiver. The nursing staff should use this resource as part of care, aiming to provide a more humanized assistance to the child. This study contributes to enlarge the debate and discussion about the use of play within the hospital environment and also confirm the importance of discussing the issue in nursing schools, aiming to prepare qualified professionals to care for hospitalized children.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4630
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Jéssica Renata Bastos Depianti.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons