Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4773
Title: A perda de conteúdo ético na economia durante a substituição do paradigma clássico pelo neoclássico
Authors: Carneiro, Marco Aurélio Souza
metadata.dc.contributor.advisor: Monfardini, Rodrigo Delpupo
Issue Date: 3-Oct-2017
Abstract: Apresenta o esvaziamento de conteúdo ético da Economia. Objetiva demonstrar que, durante a mudança de paradigma econômico, de clássico para neoclássico, os questionamentos éticos foram afastados da discussão econômica ou tratados como variáveis exógenas, como termos de erro. Ressalta que estes procedimentos não se efetivaram abruptamente, mas como processo iniciado na própria Economia Política clássica, graças a seu viés iluminista. Relaciona o pensamento econômico clássico ao ethos britânico, notadamente a influência da religiosidade “racional” nos sistemas educacionais escocês e “dissidente” inglês. Conclui que a dissociação entre Ética e Economia moderna resulta da demanda por profissionais qualificados pelas instituições de ensino modernizadas, através da divisão do trabalho intelectual, a substituir o capitalista proprietário no exercício do trabalho dirigente, tanto para um tratamento científico das complexidades geradas pelo modo de produção capitalista quanto para um aumento do tempo de não-trabalho do capitalista proprietário. Considera, ainda, que esta participação da ciência nos empreendimentos capitalistas afasta-se das motivações primitivas da teoria econômica smithiana, pois provoca um estreitamento das investigações científicas por seu comprometimento com a ideologia burguesa
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4773
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARCO-AURÉLIO-SOUZA-CARNEIRO.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.