Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4777
Title: O regime geral da previdência social no Brasil: uma análise empírica do período de 2002 a 2014
Authors: Quintanilha, Dayane Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor: Profeta, Graciela Aparecida
metadata.dc.contributor.advisorco: Mérida, Simone Manhães Arêas
metadata.dc.contributor.members: Profeta, Graciela Aparecida
Ney, Vanuza Pereira da Silva
Santos, Vladimir Faria dos
Issue Date: 4-Oct-2017
Publisher: Universidade Federal Flumiense
Abstract: A previdência social é um tema comumente debatido por estudiosos, por pesquisadores, governantes e empresários, pela mídia e pela sociedade. Sua importância está presente na economia desde pequenas cidades até os grandes centros, afetando macroeconomicamente todo o país. Este trabalho acadêmico-científico buscou expor e elucidar os principais pontos de discussão acerca deste tema, quais sejam: os argumentos que embasam as teorias dos grupos de pesquisadores que defendem o sistema como sendo superavitário ou deficitário; a realização de uma síntese histórica e estrutural acerca da previdência social; uma análise referente às metodologias a respeito do saldo previdenciário; e mensurar os impactos das variáveis econômicas que influenciam a arrecadação do Regime Geral. Para alcançar os objetivos e responder às questões levantadas neste trabalho, utilizou-se de análise descritiva e econométrica, tendo como horizonte temporal o período de março de 2002 a dezembro de 2014. Verificou-se, após análise das metodologias adotadas por ambos os grupos, para o cálculo do Fluxo de Caixa do INSS, que o Regime Geral da Previdência Social foi superavitário durante todo o período analisado. Já em relação à análise econométrica, as estimativas obtidas pelo modelo VEC mostraram que a arrecadação bruta real do referido regime sofre maiores impactos dela mesma e de variáveis como o salário mínimo real e a taxa SELIC. Por fim, cabe destacar que verificou-se uma relação direta entre o crescimento econômico do país com a arrecadação, e uma relação inversa desta última quanto à taxa de desemprego.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4777
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso - Campos dos Goytacazes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dayanne-Quintanilha-2017.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.