Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4891
Title: Análise da governança na saúde: rede de atenção às urgências e emergências da região do médio Paraíba-RJ
Authors: Costa, Manuela Gobbi Lopes da
metadata.dc.contributor.advisor: Silva Júnior, Aluísio Gomes da
metadata.dc.contributor.advisorco: Alves, Márcia Guimarães de Mello
metadata.dc.contributor.members: Almeida, Patty Fidelis de
Kuschinir, Rosana
Silva Júnior, Aluísio Gomes da
Issue Date: 2015
Abstract: A governança é fundamental para a implementação das Redes de Atenção à Saúde, pois a sua efetivação é realizada por meio da interação entre atores interdependentes em processos de negociação e tomada de decisão coletiva. O presente estudo analisou a governança na implementação da Rede de Atenção às Urgências e Emergência na região do Médio Paraíba – RUE MP, localizada no estado do Rio de Janeiro. O estudo teve por objetivos: identificar os atores envolvidos, suas interações e suas influências no processo decisório da RUE; analisar o arcabouço legal que norteia o processo decisório da RUE; analisar a dinâmica dos espaços de processo decisório da RUE (Grupo Condutor Estadual da RUE e Comissão Intergestores Regional da Região do Médio Paraíba – CIR-MP); e identificar os dispositivos facilitadores e limitantes para a organização da RUE. Foi realizado estudo de caso em dois espaços de governança para a implementação da RUE, o Grupo Condutor Estadual da RUE e a Comissão Intergestores Regional da região do Médio Paraíba – CIR-MP. As fontes de informação foram as atas, deliberações, resoluções e outros documentos relativos à região, com a complementação de entrevistas semiestruturadas com informantes chave (gestores/representantes) dos dois espaços estudados. Foi feita a análise documental destas fontes tendo como base para análise da governança, o estudo de HUFTY et al (2006) que a sugere por meio de quatro dimensões de análise: os atores, as normas, os pontos nodais e os processos. Foram identificados os principais atores, suas interações e influências no processo de implementação da RUE, além da dinâmica de funcionamento dos espaços de processo decisório. Os resultados indicam que os dois espaços são importantes para a governança da RUE, favorecendo as discussões e a tomada de decisão apoiadas no interesse coletivo, porém o espaço da CIR teve um papel preponderante na implementação da RUE MP, considerando seu desenho regional e sua possibilidade de construção de políticas de saúde de caráter regional. Apesar disso, observou-se que estes espaços estão muito aquém do que os mesmos se propõem, necessitando avançar na cultura de elaborar projetos regionais que realmente considerem as especificidades locais. A falta de novos recursos financeiros foi outro desafio apontado no estudo, dificultando a ampliação da oferta da capacidade instalada para a região
metadata.dc.description.abstractother: Governance is critical to the implementation of the Health Care Networks, because its effectiveness is accomplished through the interaction between interdependent actors in negotiation and collective decision-making. This study examined governance in implementing the Care Network for Urgent and Emergency in the Middle Paraíba region - RUE MP, in the state of Rio de Janeiro. The study aimed to: identify the players involved, their interactions and their influence in the RUE decision making process; analyze the legal framework that guides the decision-making process of RUE; analyze the dynamics of decision-making spaces of RUE (RUE Group of State Driver and Intergestores Regional Commission for the Middle Paraíba Region - CIR-MP); and identify facilitators and limiting devices for the organization of RUE. Case study was conducted in two areas of governance for the implementation of RUE, the State Driver Group of RUE and Intergestores Regional Commission for the Middle Paraíba region - CIR-MP. The sources of information were the meeting transcripts, decisions, resolutions and other documents relating to the region, complemented by semi-structured interviews with key informants (managers / representatives) of the two studied areas. It was made a documentary analysis of these sources. As governance analysis, we used the Hufty’s study et al (2006) that suggests that four dimensions of analysis: the actors, the rules, the nodal points and processes. The main actors were identified, their interactions and influences the implementation process of RUE in addition to the operating dynamics of decision-making spaces. The results indicate that the two spaces are important for the governance of RUE, favoring the discussions and decision making supported by the collective interest, but CIR space played a major role in the implementation of RUE MP, considering its regional design and its possibility of Constructing health policies that are regional in nature. Nevertheless, it was observed that these spaces fall far short of what they propose, requiring advances in the culture of creating regional projects that really consider the local specificities. The lack of new financial resources was another challenge pointed out in the study, making it difficult to increase the supply of capacity to the region
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4891
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Manuela Costa.pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons