Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4978
Title: Funk, a voz do morro que arrebata o asfalto: culto a violência ou denúncia das condições de subsistência?
Authors: Oliveira, Lucas Costa
metadata.dc.contributor.advisor: Nascimento, Daniel Arruda
Issue Date: 24-Oct-2017
Abstract: O funk – entre críticas e exaltações – é hoje uma das principais manifestações culturais do Brasil. Seu gênero musical simples e envolvente e suas composições diretas, relatam de maneira ácida o estilo de vida, a rotina e as experiências da juventude nas periferias e favelas, dando voz a uma parcela da população que ainda sofre preconceito da sociedade e se vê excluída dos investimentos do Estado. Nesse contexto, esta monografia possui o objetivo de apresentar o início do funk através de uma análise histórica sobre a construção da favela. Ademais, buscase analisar a relação deste gênero com o ordenamento jurídico brasileiro através da exposição de leis que demonstrem a construção evolutiva do funk – tema sempre polêmico na feição de leis. Por fim, busca-se uma reflexão sobre a forma de composição das letras de funk, desde o proibidão até o empoderamento, por meio de pesquisa e análise de populares canções, afim de questionar e refletir sobre o tema proposto: Afinal, o funk transformou-se em apologia ao crime e culto à violência ou é um grande retrato das condições estruturais e econômicas da realidade de milhões de brasileiros?
metadata.dc.description.abstractother: The funk carioca - between critics and exaltations - is today one of the main cultural manifestations of Brazil. Your simple and surrounding rhythm, and their direct compositions, report an acid way, a life style, a routine, and the experiences of the youth in the peripheries and slums, giving voice to a part of the population that still suffers prejudice of the society and is excluded from the State. In this context, this monograph aims to present the beginning of the funk through a historical analysis about on the construction of the favela. In addition, it seeks to analyze the connection of this rhythm with the Brazilian legal system through the exposition of laws that demonstrate an evolutionary construction of the funk - always controversial topic in the lawsuit. Finally, a reflection is sought on the form of funk lyrics, from the forbidden to the empowerment, through research and analysis of popular songs, to question and reflect on the proposed theme: After all, funk transformed Is it in apology for crime and cult of violence or is it a great portrait of the structural and economic conditions of the reality of millions of Brazilians?
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/4978
Appears in Collections:MDI - Trabalho de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC OFICIAL (1).pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.