Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5045
Title: A vida em cenas de uso de crack: ensaio de análise institucional e bioética
Authors: Assumpção, Erick Luiz Araujo de
metadata.dc.contributor.advisor: Franco, Tulio Batista
metadata.dc.contributor.advisorco: Schramm, Fermin Roland
metadata.dc.contributor.members: Franco, Tulio Batista
Mendonça, Adriany Ferreira de
Mello, Cecília Campello do Amaral
Goldman, Marcio
Batista, Rodrigo Siqueira
Issue Date: 2016
Abstract: O objeto de estudo deste trabalho é o encontro entre uma equipe da Atenção Básica à Saúde (ABS) chamada Consultório na Rua (CR), cujo o objetivo é facilitar o acesso da população em situação de rua aos outros serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), e aquelas pessoas que podem, ou não, se tornar suas usuárias. Muitos desses encontros ocorrem nas chamadas cenas de uso de crack, popularmente conhecidas como cracolândias. Dessa maneira, também joga-se luz sobre as relações tecidas com essa droga por parte daquelas pessoas que dela fazem uso, da equipe que busca atendê-las e de outras instituições que intervêm nessas cenas. Para tanto, utiliza-se a etnografia como meio para compreender os problemas que emergem desses diferentes encontros, principalmente aqueles em relação ao CR, ao crack e as outras instituições colocados pelas pessoas que habitam essas cenas. Tornase inteligível o funcionamento do CR, assim como o do crack e dessas outras instituições. Propõe-se, por fim, uma certa bioética capaz de enfrentar esse objeto de estudo
metadata.dc.description.abstractother: The object of this study is the encounter between a team of Primary Health called Consultório na Rua – CR (Office in the Street), whose objective is to facilitate homeless persons access to the other services of the Sistema Único de Saúde – SUS (Unified Health System), and those who may or may not become its users. Many of these encounters occur in the so-called crack use scenes, popularly known as cracolândias. Hence, we highlight also the relationships woven with this drug by those who use them, the team that seeks to meet these users and the other institutions involved in these scenes. Therefore, we use ethnography as a means to comprehend the problems that emerge from these different encounters, specially the ones related to the CR, the crack cocaine and the other institutions posed by the persons who inhabit these scenes. The functioning of CR becomes intelligible, as well as the functioning of crack cocaine and other institutions. Finally, we propose a certain bioethics able to face this subject matte
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5045
Appears in Collections:PPGSC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE ERICK ASSUMPÇAO.pdf945.33 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons