Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5098
Title: Precarização do trabalho profissional do assistente social: a precarização das condições de trabalho dos profissionais de Serviço Social nos Centros de Referência de Assistência Social
Authors: Souza, Luciano Robson Ribeiro de
metadata.dc.contributor.advisor: Pfeifer, Mariana
metadata.dc.contributor.members: Teixeira, Edson
Teixeira, Bruno
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Este trabalho tem como objetivo analisar a precarização das condições de trabalho dos profissionais de Serviço Social nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) nos municípios de Araruama, Iguaba grande, Cabo Frio e principalmente no Município de São Pedro da Aldeia, situados na região dos lagos do estado do Rio de Janeiro. O critério usado para determinar o objeto de pesquisa se deu devido minha inserção como estagiário de Serviço Social no CRAS – Balneário, localizado no município de São Pedro da Aldeia/RJ. O processo de estágio teve inicio em abril de 2010. Todos os quatro períodos de estágio foram realizados no mesmo campo e com isso facilitou o entendimento sobre a instituição e o trabalho do assistente social inserido no CRAS. Venho através deste trabalho de conclusão de curso, apresentar a política de Assistência Social na qual está inserido o CRAS, o trabalho exercido pelo Serviço Social nesse campo e suas condições de trabalho. Através da pesquisa de campo com a aplicação dos questionários que podemos avaliar a dimensão dos desafios encontrados pelos assistentes sociais nos CRAS dos referidos municípios e em uma análise mais ampla podemos concluir que tais precarizações estão presentes muito além desses municípios que há todo um contexto político e social pós neoliberalismo que fragmenta e reduz gastos sociais. Este trabalho está dividido em três capítulos: No primeiro intitulado “Assistência Social como Política Social e Direito de Cidadania”, faz-se uma pequena constituição histórica da Assistência Social no Brasil. Esse resgate é muito importante para compreendermos a atualidade dessa política de Assistência Social. Também apresenta-se a construção da LOAS, SUAS e NOBS SUAS acerca das condições de trabalho, profissionais, padrões de qualidade e diretrizes na prestação de serviços. No segundo capítulo faz-se um debate acerca das condições de trabalho do Serviço Social. Aqui aborda-se o trabalho na sociedade do capital, bem como o assistente social enquanto trabalhador. No terceiro e último capítulo apresenta-se a pesquisa que se realizou nos CRAS
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5098
Appears in Collections:RGS - Trabalhos de Conclusão de Curso - Rio das Ostras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC LUCIANO.pdf692.94 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.