Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5117
Title: Este fato deixou o autorchocado e humilhado” : a construção da imagem do “ eu” na encenação discursiva das petições iniciais
Authors: Araújo, Douglas do Carmo
metadata.dc.contributor.advisor: Viegas, liana da Silva Rebello
metadata.dc.contributor.members: Monnerat, Rosane Santos Mauro
Santos, Adriano Oliveira
Issue Date: 6-Nov-2017
Abstract: Este estudo parte da análise de quatro Petições Iniciais (PI), gênero discursivo do domínio jurídico que inaugura uma ação processual. Tal análise vem mostrando que tanto o advogado, profissional que normalmente redige e assina a PI, quanto o autor da ação, pessoa que é representada pelo advogado, adotam, nas Petições Iniciais, estratégias discursivas que refletem suas identidades, a fim de alcançarem êxito em seu projeto discursivo: fazer com que o juiz seja favorável aos seus pedidos. Diante disso, tendo como escopo a teoria Semiolinguística de Análise do Discurso, os pressupostos dos estudos de gênero discursivo e textual, focalizando em particular a construção do ethos e as identidades dos sujeitos comunicantes desse ato linguageiro, propomos pensar a construção da PI a partir do seu caráter linguístico, o que poderá ser útil tanto para os profissionais da área jurídica, já que, ao compreenderem melhor o gênero em estudo, terão a possibilidade de aperfeiçoar as estratégias discursivas utilizadas; quanto para qualquer pessoa interessada no assunto, visto que as PIs, normalmente, ficam restritas ao meio jurídico
metadata.dc.description.abstractother: This study is based on the analysis of four Claim Applications (CA), a discourse genre of the legal domain that inaugurates a procedural action. This analysis shows that both the attorney, who normally writes and signs the Claim Applications, and the plaintiff, who is represented by the lawyer, adopts, in the claim, discursive strategies that reflect their identities in order to achieve success in the discursive project: to make the judge favor his/her requests. Therefore, having as a scope the Semiolinguistic Discourse Analysis Theory, the presuppositions of discursive and textual genres studies, focusing in particular on the construction of the communicative subjects’ ethos and identities of this language act, we propose to think of the construction of the CA from their linguistic perspective, which may be useful both for professionals in the legal area, once when they understand the genre under study better, they will have the possibility to improve the discursive strategies used; as well as for anyone interested in the subject, since CAs are usually restricted to the legal environment
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5117
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação UFF - Integral - última versão.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons