Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5181
Title: Componentes da Síndrome Metabólica e níveis séricos de óxido nítrico em população jovem não obesa
Authors: Castro, Luana Arruda de
metadata.dc.contributor.advisor: Andrade, Patrícia de Fátima Lopes de
metadata.dc.contributor.advisorco: Silva, Leda Maria Ferraz da
metadata.dc.contributor.members: Almeida, Jorge Reis
Silva, Andrea Alice da
Issue Date: 8-Nov-2017
Abstract: A Síndrome Metabólica (SM), primeiramente descrita por Gerald Reaven (1988), consiste numa doença plurimetabólica que tem como principais mecanismos patológicos a perda do controle glicêmico e da homeostase insulínica, associados à hipertensão e a um estado dislipidêmico com altos níveis plasmáticos de triglicerídeos e baixos níveis plasmáticos de HDL-colesterol. Além disso, o óxido nítrico está envolvido com a formação da placa aterosclerótica e desenvolvimento de doenças cardiovasculares, e seus níveis circulantes estão relacionados com circunferência de cintura, um dos componentes da SM, e índice de massa corporal em indivíduos obesos. O presente estudo tem como objetivo correlacionar os componentes de SM com as concentrações de NOx, o IMC e o porcentual de gordura corporal. A obesidade é um fator de risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes e vêm aumentando sua prevalência na população mundial. Visto isso, é muito importante um diagnóstico precoce da SM e o estabelecimento da relação dos fatores desencadeantes e a concentração de óxido nítrico sérico. A amostra foi composta por adultos jovens, sendo de ambos os sexos. Foram coletadas, dos voluntários, amostras de sangue, dados antropométricos e questionário. Avaliação dos fatores que predispõem a gênese da SM, principalmente na população jovem, possibilita intervenção que modifica substancialmente o curso natural doença. Nossos resultados mostraram correlações significativas entre índice de massa corporal, porcentagem de gordura corporal e circunferência de cintura. Além de relação entre índice massa corporal e pressão arterial. Por outro lado, a correlação de NOx e componentes da síndrome não foi significativa. Com o aumento significativo da obesidade, o diagnóstico precoce da SM é importante, uma vez que os jovens não possuem tanta preocupação com seus hábitos alimentares e à prática de atividade física voltada para saúde. A partir dos nossos estudos podemos concluir que o elevado %GC encontrado em 80% dos indivíduos com IMC normal, pode levar ao risco de desenvolver doenças relacionadas à obesidade. Apesar de a obesidade ser bem caracterizada são necessários índices e parâmetros para diagnosticá-la, além do IMC e o aumento da circunferência de cintura. Além disso, a correlação de NOx com os componentes da SM não foram significativas em nosso estudo, mostrando que os níveis de NOx provavelmente não é um marcador precoce para SM, fazendo-se necessários mais estudos sobre essa correlação.
metadata.dc.description.abstractother: Metabolic syndrome (MS ) , first described by Gerald Reaven (1988 ) , consists of a plurimetabolic disease whose pathologic mechanisms leading to loss of glycemic control and insulin homeostasis , associated with hypertension and a dyslipidemic state with high plasma triglycerides and low plasma levels of HDL- cholesterol. In addition, nitric oxide is involved in atherosclerotic plaque formation and development of cardiovascular disease, and its circulating levels are correlated with waist circumference, one of the components of MS, and body mass index in obese individuals. This study aims to correlate the components of MetS with NOx concentrations, BMI and percentage of body fat. Obesity is a risk factor for developing cardiovascular disease and diabetes, and its prevalence has been increasing in the world population. Therefore, it is very important an early MS diagnosis and the establishment of its relationship with triggering factors and the concentration of serum nitric oxide. The sample is composed of young adults, and of both genders. The blood samples from volunteers were collected, as well as the anthropometric data and questionnaire. Evaluation of the factors that predispose to the MS genesis, especially in the young population, allows intervention that substantially modifies the natural course of disease. Our results showed significant correlations between body mass index, percentage body fat and waist circumference. Besides the relationship between body mass index and blood pressure were verified. Moreover, NOx and the correlation components of the syndrome were not significant. With the significant increase in obesity, early diagnosis of MS is important, since young people do not have so much concern about their eating habits and physical activity focused on health. From our studies we conclude that the high % GC found in 80% of subjects with normal BMI, can lead to the risk of developing obesity-related diseases. In spite of obesity has been well characterized, it is necessary to establish the indexes and parameters to diagnosis, beyond BMI and increased waist circumference. Moreover, the correlation of NOx with MS components were not significant in our study, showing that NOx levels is probably not an early marker for MS, by making necessary more studies on this correlation .
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5181
Appears in Collections:MGB - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luana Arruda de Castro 2013.2 TCC.pdf1.41 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons