Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5498
Title: Estudo do perfil de utilização da terapia antirretroviral a partir de registros de dispensação em um hospital universitário no Estado do Rio de Janeiro
Authors: Madruga, Lívia Gonçalves dos Santos Lima
metadata.dc.contributor.advisor: Brito, Monique Araújo de
metadata.dc.contributor.advisorco: Dellamora, Elisangela da Costa Lima
metadata.dc.contributor.members: Setúbal, Sérgio
Azeredo, Thiago Botelho
Issue Date: 12-Jan-2018
Abstract: Doenças crônicas, como a aids, estão associadas ao emprego de grande número medicamentos, sendo importante monitorar e acompanhar do uso dos mesmos. Sistemas informatizados para dispensação de medicamentos podem ser usados como fonte de informação e avaliação do uso e da posse de medicamentos. Este estudo teve como objetivos investigar a terapia antirretroviral (ARV) utilizada por pacientes acompanhados em um hospital universitário no estado do Rio de Janeiro a partir do Sistema de Controle Logístico de Medicamentos (SICLOM), caracterizar o perfil dos usuários atendidos no local bem como discutir o uso de indicadores logísticos de posse de ARV. Foi realizado um estudo de utilização de medicamentos do tipo prescrição-indicação, seccional, observacional a partir dos registros de dispensação de farmácia. Foram incluídos pacientes que iniciaram o uso de ARV entre janeiro e dezembro de 2014 (virgens de tratamento ou troca de ARV), maiores de 18 anos, de ambos os sexos, com cadastro ativo no SICLOM. Gestantes e pacientes que não tinham mais vínculo com a Unidade Dispensadora de Mecicamentos (UDM) foram excluídos. A coleta de dados sócio demográficos e clínicos foi realizada por meio do uso do SICLOM. Para calcular a posse dos medicamentos foram usados os indicadores PDC (do inglês Proportion of Days Covered) e CR (do inglês Compliance Rate). A análise incluiu descrição da população estudada, distribuições de frequência e medidas estatísticas de resumo das variáveis selecionadas. Dos 77 pacientes estudados, 60% eram homens. A média de idade foi 42,3 anos (± 13,2 anos) e o tempo médio de uso de ARV foi de 7,3 anos (± 6,2 anos). A maior parte da população estudada estava em uso de ARV de primeira linha terapêutica e 35% eram virgens de tratamento. A maioria das trocas de esquema terapêutico não foi justificada. Não foi verificada associação estatística entre as variáveis sócio demográficas e clínicas e a posse de ARV. A posse de ARV apresentou média acima de 80% por ambos os indicadores. Os indicadores PDC e CR permitiram avaliar a posse de medicamentos da terapia ARV e o SICLOM permitiu o conhecimento do perfil dos pacientes atendidos no referido hospital, bem como os medicamentos usados por essa população. Recomenda-se o uso de CR para avaliar a posse de ARV a partir dos dados do SICLOM
metadata.dc.description.abstractother: Chronic diseases such as AIDS are associated with the use of many medications and monitoring the use of these drugs is very important. Drug pickups could be used as a source of information and evaluation of the use and possession of drugs. The aim of this study was to evaluate the possession for antiretroviral drugs (ART), the socio demographics and clinics factors associated with medicine use for people living with HIV/Aids (PLHA) from a University Hospital in Rio de Janeiro state. It was conducted as a prospective drug utilization study, sectional and descriptive, realized through pharmacy dispensing records obtained from the National System of Logistic Control of Antiretroviral Medicines (SICLOM). Two logistic measures defined by literature, PDC (Proportion of Days Covered) and CR (Compliance Rate) were used for ascertaining the possession of ART. All PLHA, both male and female, with active and updated refill records (treatment naïve and PLVA who switched the drug regimen) was included since they were >18 years of age. Pregnant and people who had no more connection with pharmacy were excluded. Clinic and demographic information were performed using SICLOM. To calculate possession drug regimen we used two refill adherence measures, Proportion of Days Covered (PDC) and Compliance Rate (CR). The analysis included description of the study population, frequency distributions and measures, summary statistics of the selected variables. Of the 77 patients, 60% were male. The mean age was of 42.4 years and the average time of ARV use was 7.3 years (± 6.2 years). Of ART schemes employed in this hospital, the most corresponded to a first line treatment and a minority was naïve of treatment (35%). The possession rate was above 80% in both measures (PDC or CR). The switches were not justified. The PDC and CR indicators allowed us to evaluate the possession of antiretroviral treatment and SICLOM allowed us to know the profile of the patients treated at the same hospital as well the drugs used by this population. The use of CR is recommended to evaluate the possession of ARV from SICLOM data
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5498
Appears in Collections:PPG-CAPS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lívia Gonçalves dos Santos.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.