Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5628
Title: A realidade aumentada como novo paradigma da interface homem-máquina : um caso de estudo aplicado à leitura de rótulos nutricionais
Authors: Boquimpani, Aguinaldo Rangel
Figueira Filho, Saliel
metadata.dc.contributor.advisor: Zahn, Jean de Oliveira
metadata.dc.contributor.members: Silva, Mônica da
Issue Date: 2017
Publisher: Universidadse Federal Fluminense
Abstract: Recentemente a transformação no design das interfaces entre homem e o computador e sua aplicação nos dispositivos móveis vem mudando a maneira com que pessoas no mundo inteiro pensam e agem. O recente uso integrado de tecnologias como a Computação Móvel, a Inteligência Artificial e o Reconhecimento de Imagens aliam-se a essa revolução na usabilidade dos dispositivos móveis para permitir uma compreensão melhor do mundo real. A Realidade Aumentada está inserida neste contexto. Ela permite que as pessoas usem objetos familiares, de seu cotidiano, aumentando a percepção desses objetos através da superposição de elementos que os ligam ao mundo virtual. Ao invés de imergir as pessoas em um mundo artificial criado virtualmente como é o caso da Realidade Virtual, a Realidade Aumentada tem como objetivo modificar objetos e cenas do mundo físico provendo-os de capacidades de informação e comunicação. Este estudo tem como objetivo demonstrar o uso da Realidade Aumentada como um novo patamar de interface homem- máquina integrada ao uso dessas novas tecnologias. Com a Realidade Aumentada, abre-se um caminho para simplificar a percepção e aumentar a compreensão da mente humana frente ao dilúvio de informações que cerca os sentidos no mundo moderno. Para isso, o presente trabalho apresenta uma abordagem para o desenvolvimento de aplicações de Realidade Aumentada focada nas técnicas da Engenharia de Usabilidade. O caso de uso apresentado é o de uma aplicação para leitura de rótulos nutricionais em embalagens de produtos alimentares. A complexidade das informações nutricionais aliada a vários outros tipos de informações já existentes nos rótulos das embalagens de produtos alimentares leva à situação atual, em que mesmo profissionais de saúde como médicos e nutricionistas muitas vezes têm dúvidas na interpretação das mesmas. Tais informações são apresentadas muitas vezes de modo pouco claro, misturando aspectos de marketing e regulamentações de legislações pertinentes, levando inclusive a falhas na avaliação dos riscos em questões de saúde e de nutrição, como por exemplo a presença de alergênicos nos alimentos. A abordagem utilizada, baseada em paralelismo das fases de design e de desenvolvimento, design centrado no usuário seguindo guidelines específicas para Realidade Aumentada e uso de testes de usabilidade o mais cedo possível, resultou em uma evolução rápida do desenvolvimento da aplicação e permitiu a utilização plena dos conceitos fundamentais da Realidade Aumentada com o objetivo de enriquecer a qualidade das informações e diminuir as barreiras para a compreensão de questões relevantes presentes no mundo real.
metadata.dc.description.abstractother: Recently the transformation in the design of interfaces between man and computer and its application in mobile devices has been changing the way people in the world think and act. The recent integrated use of technologies such as Mobile Computing, Artificial Intelligence and Image Recognition combine with this revolution in the usability of mobile devices to enable a better understanding of the real world. Augmented Reality is inserted in this context. It allows people to use familiar objects from their everyday life, increasing the perception of these objects through the superposition of elements that connect them to the virtual world. Instead of immersing people in an artificial world created virtually as is the case of Virtual Reality, Augmented Reality aims to modify the perception of objects and scenes of the physical world by providing them with information and communication capabilities.. This study aims to demonstrate the use of Augmented Reality as a new level of man-machine interface integrated with the use of these new technologies. With Augmented Reality, a way is opened to simplify the perception and increase the understanding of the human mind in the face of the flood of information that surrounds the senses in the modern world. For this, the present work presents an approach for the development of applications of Augmented Reality focused on the techniques of Usability Engineering. The use case presented is an application for reading nutritional labels in food packaging. The complexity of nutritional information coupled with many other types of information already on food packaging labels leads to the current situation in which even health professionals such as doctors and nutritionists often have doubts about their interpretation. Such information is often presented in a rather unclear fashion, mixing marketing aspects and regulations of relevant legislation, resulting in failures in the risk assessment of health and nutrition issues, such as the presence of allergens in food products. The approach used, based on parallelism of the design and development phases, user-centered design following guidelines tailored to Augmented Reality and use of usability tests as early as possible, resulted in a rapid evolution of the application development and allowed the full use of the fundamental concepts of Augmented Reality with the purpose of enriching the quality of the information and reducing the barriers to the understanding of relevant issues present in the real world.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5628
Appears in Collections:TSC - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AGUINALDO_RANGEL_BOQUIMPANI_e_SALIEL_FIGUEIRA_FILHO.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.