Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5898
Title: Sobrecarga em cuidadores de idosos: proposição de tecnologia educacional
Authors: Montoya, Carolina Guedes de Brito
metadata.dc.contributor.advisor: Sá, Selma Petra Chaves
metadata.dc.contributor.members: Lindolpho, Mirian da Costa
Domingos, Ana Maria
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Montoya, Carolina Guedes de Brito. Sobrecarga em cuidadores de idosos: proposição de tecnologia educacional. 2017. 73f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) – Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: Objetivos: descrever o perfil sóciodemográfico e de saúde e os impactos objetivos da sobrecarga, em cuidadores de idosos; analisar os impactos objetivos da sobrecarga em cuidadores de idosos que podem interferir no cuidado do idoso e o autocuidado do cuidador; elaborar uma tecnologia educacional a partir dos déficits identificados na escala de sobrecarga a partir das demandas dos cuidadores. Método: pesquisa descritiva, transversal. Respeitados os critérios de inclusão e exclusão participaram do estudo 50 cuidadores de idosos que participam de todas as atividades do Programa EASIC/UFF. Foram identificados no EASIC da Universidade Federal Fluminense as pessoas que já trabalham como cuidador ou são cuidadores familiares. Após a identificação destes cuidadores e aprovação pelo comitê de ética em pesquisa foi realizado contato para convite à participação no estudo. Como campo de pesquisa, foram utilizadas as dependências do Centro de Atenção à Saúde do Idoso e seus Cuidadores CASIC/UFF, em Niterói, RJ. A produção de dados ocorreu de setembro a outubro de 2016, e de abril a junho de 2017. Os dados sóciodemográficos e clínicos e os escores obtidos da escala de sobrecarga de Zarit foram organizados e tabulados em planilhas no Microsoft Excel e submetidos à análise descritiva. Resultados: Com relação aos aspectos sociodemográficos percebeu-se que dos 50 cuidadores da amostra, 90% são mulheres; 34% dos cuidadores têm de 52 a 61 anos; 30% tem ensino médio completo; 36% possuem uma renda familiar mensal de 1 a 2 salários mínimos; e 78% são cuidadores familiares. Da escala Zarit, de sobrecarga vivida pelo cuidador foi possível identificar que 42% dos cuidadores apresentavam grau moderado de sobrecarga. Como produto elaborou-se um manual com orientações de enfermagem ao cuidador de idosos. Conclusão: pode-se concluir que o cuidado ao idoso pode levar à sobrecarga moderada a saúde dos cuidadores resultando na diminuição da sua qualidade de vida. Destaca-se a relevância do produto desta pesquisa que constitui uma importante estratégia de educação em saúde, fornecendo orientações direcionadas à realidade dos cuidadores de idosos. O trabalho contribui com a enfermagem gerontológica e para a produção da tecnologia educacional direcionada aos cuidadores
metadata.dc.description.abstractother: Objectives: to describe the sociodemographic and health profile and the objective impacts of overload in caregivers of the elderly; analyze the objective impacts of overloading on caregivers of the elderly that may interfere with the care of the elderly and caregiver self-care; to elaborate an educational technology from the deficits identified in the scale of overload from the demands of the caregivers. Method: descriptive, cross-sectional research. In compliance with the inclusion and exclusion criteria, 50 elderly caregivers participating in all activities of the EASIC / UFF Program participated in the study. People who already work as caregivers or are family caregivers were identified in the EASIC of the Federal University of Fluminense. After the identification of these caregivers and approval by the research ethics committee, contact was made to invite the study participation. As a research field, the facilities of the Center for Health Care of the Elderly and their Caretakers CASIC / UFF, in Niterói, RJ, were used. Data production occurred from September to October 2016 and from April to June 2017. The sociodemographic and clinical data and scores obtained from the Zarit overload scale were organized and tabulated in spreadsheets in Microsoft Excel and subjected to descriptive analysis. Results: Regarding the sociodemographic aspects, it was noticed that of the 50 caregivers of the sample, 90% are women; 34% of caregivers are 52 to 61 years old; 30% have completed high school; 36% have a monthly family income of 1 to 2 minimum wages; and 78% are family caregivers. From the Zarit scale, of overload experienced by the caregiver, it was possible to identify that 42% of the caregivers presented moderate degree of overload. As a product, a manual with nursing orientations was developed for caregivers of the elderly. Conclusion: it can be concluded that care for the elderly can lead to a moderate burden on caregivers' health, resulting in a reduction in their quality of life. It is important to highlight the relevance of the product of this research, which is an important strategy for health education, providing orientations directed to the reality of caregivers of the elderly. The work contributes to gerontological nursing and to the production of educational technology directed to caregivers
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5898
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carolina Guedes de Brito Montoya.pdf1.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.