Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5903
Title: Construção de um algoritmo baseado em evidências para o banho no leito em pacientes com Síndrome Coronariana Aguda
Authors: Sptiz, Viviane de Moraes
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Dalmo Valério Machado de
metadata.dc.contributor.members: Teixeira, Elizabeth
Cavalcanti, Ana Carla Dantas
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Sptiz, Viviane de Moraes. Construção de um algoritmo baseado em evidências para o banho no leito em pacientes com Síndrome Coronariana Aguda. 2017. 121 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: Não há na literatura científica descrição de algoritmo que direcione o enfermeiro para a prática de banho em pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA). Dessa forma, a busca por melhores práticas norteou esta pesquisa, que assumiu como objeto de estudo o efeito do banho no leito sobre as repercussões oxi-hemodinâmica nos pacientes com SCA. Objetivos: Geral: Construir um algoritmo para sistematização das etapas do banho no leito tradicional no paciente adulto internado com SCA. Específico: descrever, com base na busca por evidências científicas, o padrão oxi-hemodinâmico de pacientes críticos durante o banho no leito e as principais práticas assistenciais em saúde guiadas por algoritmo; descrever, com base nos resultados do projeto integrado, os efeitos oxi-hemodinâmicos do controle hidrotérmico em pacientes com SCA durante o banho no leito e; adaptar a descrição do banho no leito geral proposto por Potter e Perry ao contexto do paciente com SCA. Método: Pesquisa descritiva operacionalizada em quatro etapas: análise das evidências encontradas na literatura científica sobre os efeitos do banho no leito e algoritmos norteadores da assistência em saúde, resultados de um projeto integrado, adaptação de um protocolo de banho no leito e construção do algoritmo. Resultados: Foram selecionadas três publicações sobre banho no leito e dezenove publicações sobre a utilização de algoritmos para a tomada de decisão. As principais alterações hemodinâmicas descritas na literatura foram aumento da frequência cardíaca (FC) e da pressão arterial diastólica (PAs) diminuição da saturação periférica de oxigênio (SpO2). Relacionado ao projeto integrado, houve incremento estatisticamente significante no consumo de oxigênio miocárdico (MVO2), quando o banho foi realizado com temperatura a 40ºC no paciente taquicárdico e no banho sem constância da temperatura da água em pacientes com PAs alta e pressão alterial média da normalidade. Quanto ao uso de algoritmos, a maioria dos estudos demonstrou ferramentas úteis para nortear as decisões clínicas. O algoritmo foi construído a partir da adaptação das etapas de banho e indicando o banho a 40ºC para o paciente com PAs ≥ 140mmHg e banho sem manipulação da temperatura da água para paciente com FC > 100bpm. Sua utilização poderá ser realizada por meio de bundle ou em formato digital. Conclusão: O algoritmo de banho necessita ser validado antes de ser aplicado na prática assistencial. Espera-se que esta ferramenta contribuia para a tomada de decisão profissional, podendo também ser utilizada como ferramenta para o ensino de fundamentos de enfermagem. Faz-se necessário novas pesquisas para aprofundamento do tema e em outras populações
metadata.dc.description.abstractother: There is no description in the scientific literature of an algorithm that directs nurses to bathing in patients with acute coronary syndrome (ACS). Thus, the search for best practices guided this research, which took as object of study the effect of bathing in the bed on the oxy hemodynamic repercussions in patients with ACS. Objectives: General: To construct an algorithm to systematize the stages of bathing in the traditional bed in the adult patient hospitalized with ACS. Specific: to describe, based on the search for scientific evidences, the oxy-hemodynamic pattern of critically ill patients during bed bath and the main health care practices guided by algorithm; to describe, based on the results of the integrated design, the oxy hemodynamic effects of hydrothermal control in patients with ACS during bathing in bed and; adapt the description of the bath in the general bed proposed by Potter and Perry to the context of the patient with ACS. Method: Descriptive research operationalized in four stages: analysis of the evidence found in the scientific literature on the effects of bathing in the bed and algorithms guiding health care, the results of an integrated project, the adaptation of a bath protocol in bed and the construction of the algorithm. Results: Three publications on bathing in bed and nineteen publications on the use of algorithms for decision making were selected. The main hemodynamic changes described in the literature were increased heart rate (HR) and diastolic blood pressure (BP) decrease in peripheral oxygen saturation (SpO2). In relation to the integrated design, there was a statistically significant increase in the myocardial oxygen consumption (MVO2), when the bath was performed with temperature at 40ºC in the tachycardic patient and in the bath without constancy of the water temperature in patients with high PA and normal mean alteration pressure. Regarding the use of algorithms, most of the studies demonstrated useful tools to guide clinical decisions. The algorithm was constructed from the adaptation of the bath stages and indicated the bath at 40ºC for the patient with PAs ≥ 140mmHg and bath without manipulation of the water temperature for patients with HR> 100bpm. Its use can be done by means of bundle or in digital format. Conclusion: The bath algorithm needs to be validated before being applied in care practice. It is hoped that this tool contributes to professional decision-making and can also be used as a tool for teaching nursing fundamentals. Further research is needed to deepen the subject and in other populations
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5903
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Viviane de Moraes Sptiz.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.