Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5914
Title: Desenvolvimento de sistema de liberação modificada utilizando a mucilagem da semente de Linum usitatissimum L. (LINHAÇA)
Authors: Rocha, Mariana Souza
metadata.dc.contributor.advisor: Mourão, Samanta Cardozo
metadata.dc.contributor.members: Viçosa, Alessandra Lifsitch
Costa, Valeria Gonçalves
Issue Date: 7-Mar-2018
Abstract: Na busca de melhorias das propriedades farmacocinética e farmacodinâmica, com propósito de minimizar efeitos adversos e melhorar a eficácia do tratamento, a tecnologia farmacêutica avança na procura por aperfeiçoamento no desenvolvimento de sistemas de liberação modificada de medicamentos. O objetivo deste trabalho foi desenvolver sistemas matriciais utilizando os polímeros hidrofílicos naturais extraídos da semente de Linum usitatissimum L. (Linhaça) com a finalidade de avaliar o potencial destes no controle de liberação do fármaco. Foi também avaliado o processo de extração da mucilagem. A análise por meio da Metodologia de Superfície e Resposta forneceu os pontos ótimos de extração para se obter o máximo de mucilagem extraída e o máximo de rendimento de extração de todas as substâncias solúveis da linhaça. Para estudar as melhores condições para se obter um equilíbrio entre esses objetivos conflitantes e explorar as opções disponíveis foi utilizado o método de interseção normal à fronteira também chamado de Normal Boundary Intersection (NBI). Com este foram encontradas as soluções Pareto ótimas uniformemente distribuídas e contínuas para o problema multiobjetivo não-linear. Através da caracterização por análise termogravimétrica (TGA) e espectroscopia na região do infravermelho com transformada de Fourier (IV- TF) foi verificado que a extração dos polímeros da linhaça no meio básico (pH 9,6) apresentou melhores características em relação a estabilidade térmica e grau de pureza quando comparado com a mucilagem adquirida no ponto ótimo (pH de 3,81) obtido pela MSR. A diferença em percentual de peso entre as duas extrações difere em apenas 5 %. A avaliação do potencial dos polímeros naturais no controle de liberação do fármaco foi realizada através do ensaio de dissolução. Este foi realizado com o objetivo de comparar os perfis de liberação do Ibuprofeno a partir de comprimidos contendo a mucilagem da linhaça (C-M), polímeros naturais, HPMC (C-HPMC), polímeros semi- sintéticos e comprimidos sem matriz polimérica (C-SP). As três formulações apresentaram um peso médio dentro do limite de variação permitido de 350 mg ± 5 % com baixo valor de DPR, friabilidade igual a zero e dureza com valores de aproximadamente 85 N que garante a resistência das unidades. O teor de Ibuprofeno nas três formulações de comprimido apresentou-se dentro da especificação farmacopéica (90- 110 %). Os resultados de comparação por ED e valores de f1 e f2 indicarem perfis de liberação semelhantes entre os comprimidos contendo mucilagem e HPMC. Entretanto a análise dos modelos matemáticos sugere que os mecanismos de liberação do ibuprofeno das formulações são diferentes. O comprimido contendo mucilagem apresentou uma liberação não- Fickiana com cinética de ordem zero. Já o contendo HPMC apresentou um modelo de pseudo- ordem zero, com uma liberação não- Fickiana e o de liberação imediata apresentou uma liberação Fickiana com um modelo matemático de Hixson- Crowell. Estudos sobre poder de intumescimento do polímero e resistência do gel são perspectivas para continuidade do estudo para compreensão dos mecanismos de liberação
metadata.dc.description.abstractother: In pursuit of improvements in pharmacokinetic and pharmacodynamic properties, in order to minimize adverse effects and improve treatment efficacy, the pharmaceutical technology is advancing in the search for improvement in the development of modified drug delivery systems. The objective of this work was to develop matrix systems using the natural hydrophilic polymers extracted from the Linum usitatissimum L. (Linseed) seed in order to evaluate their potential in the control of drug release. The process of extracting the mucilage was also evaluated. The analysis by means of the Surface and Response Methodology provided the optimum extraction points to obtain the maximum extracted mucilage and maximum extraction yield of all the soluble substances of the flaxseed. To study the best conditions to achieve a balance between these conflicting objectives and to explore the available options, the normal boundary intersection method (NBI) was also used. With this, the Pareto solutions were uniformly distributed and continuous for the non-linear multiobjective problem. Through the characterization by thermogravimetric analysis (TGA) and spectroscopy in the infrared region with Fourier transform (IV-TF), it was verified that the extraction of flax polymers in the basic medium (pH 9,6) presented better characteristics in relation to the thermal stability And degree of purity when compared to the obtained mucilage at the optimum point (pH 3.81) obtained by MSR. The difference in weight percentage between the two extractions differs by only 5 %. The evaluation of the potential of the natural polymers in the control of drug release was performed through the dissolution test. The aim of this study was to compare the release profiles of Ibuprofen from tablets containing flax mucilage (CM), natural polymers, HPMC (C-HPMC), semi- synthetic polymers and tablets without polymer matrix (C-SP ). The three formulations had a mean weight within the allowed range of 350 mg ± 5 % with low DPR value, friability equal to zero and hardness with values of approximately 85N that guarantees the strength of the units. The Ibuprofen content in the three tablet formulations was within the pharmacopoeial specification (90- 110 %). The comparison results by ED and values of f1 and f2 indicate similar release profiles between the mucilage containing tablets and HPMC. However, the analysis of the mathematical models suggests that the mechanisms of release of the ibuprofen of the formulations are different. The mucilage-containing tablet showed a non- Fickian release with zero order kinetics. The HPMC-containing model presented a zero-order pseudo-order model with a non- Fickian release and the immediate release model presented a Fickian release with a Hixson- Crowell mathematical model. Studies on polymer swelling power and gel strength are prospects for continuity of the study for understanding the release mechanisms
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5914
Appears in Collections:PPG-CAPS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIANA SOUZA ROCHA.pdf3.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.