Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5917
Title: Aplicativo multimídia "Safe Bathing" em plataforma móvel como tecnologia para o cuidado à beira leito de pacientes infartados: construção e validação
Authors: Dionizio, Denilson
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Dalmo Valério Machado de
metadata.dc.contributor.members: Albuquerque, Rodney
Teixeira, Elizabeth
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Dionizio, Denilson. Aplicativo multimídia "Safe Bathing" em plataforma móvel como tecnologia para o cuidado à beira leito de pacientes infartados: construção e validação. 2017. 87 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: Introdução: O infarto agudo do miocárdio (IAM) configura-se como a doença que mais mata no mundo chegando a 7 milhões de óbitos em 2012. No Brasil, dados revelados pelo DATASUS em 2014 indicam 100 mil óbitos anuais por esta enfermidade. O paciente hospitalizado com IAM, principalmente nas primeiras 24 horas, necessita de cuidados intensivos, repouso e medidas cautelosas visando sua segurança, considerando as alterações oxihemodinâmicas que podem ocorrer com o esforço demandado pelo miocárdio. Dentre os cuidados de enfermagem ao paciente com IAM, destaca-se o banho de leito e a complexidade que o envolve, requerendo do enfermeiro e sua equipe medidas que possam evitar agravos e promover a sua saúde. Para se implementar segurança e prestar um cuidado com melhor qualidade, a tecnologia móvel tem ganho espaço a cada dia, a julgar pela crescente utilização dos aplicativos na área de saúde. Observou-se uma inversão da curva de crescimento em relação ao uso de celulares em detrimento do desktop no ano de 2014, demonstrando a sua grande utilização no cotidiano da população. A equipe de enfermagem responsável em realizar o banho de leito precisa executar esta técnica com segurança ao paciente, visando o mínimo de danos desnecessários a sua saúde. Objetivo geral: Validar um aplicativo multimídia em plataforma móvel para realização de um banho de leito seguro aos pacientes infartados. Método: Estudo metodológico aplicado na modalidade de produção tecnológica para validação do aplicativo. Selecionou-se 12 expertos enfermeiros, via currículo lattes, que avaliaram o conteúdo do aplicativo utilizando o índice de validade de conteúdo (IVC) com corte de 80% e o Kappa de Fleiss para análise da concordância entre os expertos. Resultados: O aplicativo Safe Bathing foi construído com 4 módulos, sendo validados pelo IVC com percentuais excelentes de 0,93 de concordância entre os expertos para validação do seu conteúdo. O Kappa de Fleiss foi classificado, na maioria dos itens avaliados, como bom e excelente, ou seja, 0,80 a 1.00 de acordo com a classificação de Kappa. Conclusão: O aplicativo Safe Bathing foi validado, no que se refere ao seu conteúdo específico de saúde, com IVC e Kappa de Fleiss classificados de bom a excelente. Recomenda-se a validação de face com expertos da área de tecnologia de informação para que todas as particularidades do aplicativo seja validado e não somente o seu conteúdo específico por profissionais da saúde/enfermagem
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: the acute myocardial infarction (AMI) is the desease that kills more in the world, up to 7 million deaths in 2012. In Brazil, data released by DATA-SUS in 2014 indicates 100 thousand each year because of this illness. The AMI hospitalized patient, mainly in their first 24 hours, needs intensive care, rest and careful measures aiming their safety, taking in consideration the oxihemodinamical changes that can happen with the effort produced by the myocardium. Among the cares ftom nurses to AMI patients, we can highlight the bedbath and the complexity that circles it, requiring from the nurse and the team actions that may prevent harm and promote their health. In order to implement safety and serve better quality care, the mobile tecnology has gotten room daily, as we see the increasing use of applications in the health area. A inversion was noticed in the imcreasing curve in relation to the use of cellphones to the detriment of desktop computer in 2014, showing its large use in the day-by-day of the population. The nurse team respensible for carrying out the bedbath needs to do this tecnique with safety to the patient aiming the least unnecessary damages to the health. Objective: Validate a multimidia application in mobile platform. Method: An applied methodological study, in technological production for validation of application mode. 12 smart nurses were selected via curriculum lattes, who evalueted the content of the application, using the content vadility index (CVI) with a cut of 80% and Kappa de Fleissfor analazing the assent of the experts. Results: The Safe Bathing Application was built with 4 modules, being validated by the CVI with excellent percentages of 0.93 of assent among the experts for the validation of its cintent. Kappa de Fleiss was classified as good and excllent in most of the validated items, that is, 0,80 to 1,00 according to Kappa classification. Conclusion: The Safe Bathing Application was validated according to its specific health content, having CVI and Kappa de Fleiss classified from good to excellent. The face validation is recommended by experts in the information tecnology area so that all the features of the application could be validated and not only its especific content by nurses and health professionals
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5917
Appears in Collections:MPEA - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denilson Dionizio.pdf2.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.