Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5919
Title: Análise da vigilância pós-comercialização realizada por farmacêuticos no município de Niterói
Authors: Marcolino, Paula Amaral
metadata.dc.contributor.advisor: Castilho, Selma Rodrigues de
metadata.dc.contributor.members: Calil-Elias, Sabrina
Nogueira, Thaísa Amorim
Silva, Rondineli Mendes da
Issue Date: 12-Mar-2018
Abstract: A vigilância pós-comercialização realizada através da notificação de eventos adversos (EA) e de queixas técnicas (QT) por profissionais de saúde e pela população, possibilita a proteção à saúde na medida em que origina o aperfeiçoamento do conhecimento sobre os efeitos de um determinado produto, proporcionando maior garantia da segurança e da qualidade dos mesmos. O objetivo deste estudo transversal com caráter descritivo foi investigar a prática da vigilância pós-comercialização de medicamentos entre farmacêuticos que atuam em farmácias comunitárias do município de Niterói pela utilização do sistema NOTIVISA. O projeto foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa do Hospital Universitário Antônio Pedro da UFF. A metodologia utilizada foi a aplicação de um questionário estruturado para farmacêuticos do município e de outro questionário em usuários de medicamentos. O estudo teve duração de 1 mês e contou com a participação de 181 pessoas, dentre elas 61 farmacêuticos e 120 usuários. O resultado demonstrou que os farmacêuticos têm conhecimento sobre a ferramenta NOTIVISA, mas têm dúvidas na sua utilização devido à ausência de treinamento para tal. Além de receberem poucos casos suspeitos de eventos adversos a medicamentos, raros são notificados. Há ainda muitas barreiras para a efetivação do profissional no mercado, principalmente o reconhecimento no trabalho do farmacêutico por parte da população, a falta de tempo para prática da atenção farmacêutica e a melhor capacitação do profissional. O baixo percentual de notificação no NOTIVISA demonstra que, são necessárias intervenções educativas como forma de aumentar as notificações e colaborar desta forma, para uma saúde de melhor qualidade
metadata.dc.description.abstractother: Post-marketing surveillance through the reporting of adverse events (AE) and product complaints (PC) by health professionals and the population, enables health protection as it leads to improved knowledge about the effects of a product, providing greater assurance of the safety and quality of the same. The purpose of this descriptive cross-sectional study was to investigate the knowledge and practice of post-marketing surveillance of medications among pharmacists working in community pharmacies in the city of Niterói, using the NOTIVISA system. The project was approved by the research ethics committee of the University Hospital Antônio Pedro da UFF .The methodology used was the application of a structured questionnaire for pharmacists in the municipality and another questionnaire in drug users. The study lasted 2 months and had the participation of 181 people, among them 61 pharmacists and 120 users. The result showed that pharmacists are aware of the NOTIVISA tool, but have doubts about its use due to the lack of training. In addition to receiving few suspected adverse medications events, rare are reported. There are still many barriers to the effectiveness of the professional in the market, especially the recognition in the work of the pharmacist by the population, the lack of time to practice pharmaceutical care and the better qualification of the professional. The low percentage of notification in NOTIVISA demonstrates that it is necessary that educational interventions must be adopted in order to stimulate and enhance the notifications, and thus collaborate for better health
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5919
Appears in Collections:PPG-CAPS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAULA AMARAL MARCOLINO - MESTRADO.pdf1.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.