Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5920
Title: Educação permanente e qualidade de vida: envelhecimento saudável de trabalhadores de uma escola pública
Authors: Fernandes, Adriana Cortez Marcellos
metadata.dc.contributor.advisor: Corvino, Marcos Paulo Fonseca
metadata.dc.contributor.advisorco: Cortez, Elaine Antunes
metadata.dc.contributor.members: Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
Dutra, Virgínia Faria Damásio
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Fernandes, Adriana Cortez Marcellos. Educação permanente e qualidade de vida: envelhecimento saudável de trabalhadores de uma escola pública. 2017. 135 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: Este estudo tem como objeto a educação permanente como ferramenta para a melhora da qualidade de vida no processo do envelhecimento saudável dos trabalhadores da Escola Técnica Estadual do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC) – Campus Marechal Hermes/ RJ. O objetivo geral foi utilizar a educação permanente com os trabalhadores dessa escola estadual, de forma a contribuir para uma qualidade de vida nas etapas do envelhecimento saudável. Os objetivos específicos foram: identificar as necessidades dos trabalhadores da escola sobre qualidade de vida no processo do envelhecimento saudável; descrever a visão dos trabalhadores sobre a possibilidade de mudança no processo do envelhecimento saudável; elaborar, em conjunto com os trabalhadores, métodos criativos e possíveis com a realidade social e econômica para melhorar a qualidade de vida no processo do envelhecimento saudável. A metodologia utilizada foi a pesquisa-ação com abordagem qualitativa. O cenário da pesquisa foi o centro de idioma e informática da Escola Técnica Estadual do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC), localizada em Marechal Hermes, na cidade do Rio de Janeiro. A pesquisa contou com quatro etapas, e os instrumentos de coleta de dados utilizados foram: 1º) Construção, pela pesquisadora, a partir da demanda dos servidores, do projeto piloto “Ginástica Laboral” encaminhado à gestão; 2) Questionário semiestruturado por meio do qual se realizou a análise de conteúdo de Bardin; 3) Reconstrução do projeto “Ginástica Laboral” com o envolvimento dos trabalhadores, tendo como norte a política de educação permanente em saúde (PEPS) e Freire (2010), intitulado “Círculo de Convivência Laboral”; e 4) Apresentação, aprovação e institucionalização do novo projeto no conselho gestor. Destaca-se como resultados as seguintes quatro categorias que emergiram dos questionários foram: 1) Identificando-se com a educação permanente em saúde, que compreende a Educação Permanente ou reconhece o seu conceito, pois, apesar dessa política não estar no âmbito escolar, ela está embasada em Freire (2010); 2) Reconhecimento da ignorância do saber por Sócrates: “só sei que nada sei”, que revelou que só 1% fez relação com a educação continuada ou não entendeu ou não respondeu; 3) Aprendendo a decidir: escolhas saudáveis, que demonstrou que os participantes reconhecem o significado do processo de envelhecimento saudável como qualidade de vida; 4) Mudanças de paradigmas: propor métodos criativos, que evidenciou que muitos participantes necessitam de uma política de educação que favoreça hábitos saudáveis com o objetivo de alcançar um novo estilo de vida. Os produtos elaborados nessa pesquisa foram: um material informativo para circular através do whatsApp, panfletos para serem distribuídos nas escolas e banner para ficar no local onde aconteceu o encontro da Ginástica Laboral: “Círculo de convivência laboral”. Concluiu-se que o processo de promoção da educação permanente no ambiente escolar evidenciou seu caráter inovador, através do tema “qualidade de vida, em todas as etapas do envelhecimento saudável”. Assim sendo, possibilitar-se-á uma nova demanda ao Sistema Único de Saúde (SUS), pois a proposta é sair de um modelo biomédico, em que há uma grande medicalização, e, objetivando prevenir doenças como hipertensão, diabetes e obesidades, passarmos a promover mais saúde, de modo a contribuir para as mudanças de paradigmas. Vislumbra-se a possibilidade de transformar a realidade do senso comum em senso crítico, quando se fala de saúde física, mental e alimentar, com a melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores envolvidos na pesquisa. Esse processo deverá funcionar como uma potente ferramenta de promoção da saúde para os próprios trabalhadores da educação, e pretende-se expandir para trabalhadores de outros locais da escola
metadata.dc.description.abstractother: The present study has as its object the permanent education as a means to improve the quality of life in the healthy aging process of the workers from Escola Técnica Estadual do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC) - the Marechal Hermes/RJ Campus. The general objective has been to use the permanent education with the workers from this state school, so as to contribute to a quality of life during the stages of healthy aging. The specific objectives were the following: identifying the needs of the school workers related to quality of life in the healthy aging process; describing the workers' perspective about the possibility of change in the healthy aging process; elaborating, together with the workers, creative and possible methods with respect to the social and economic reality in order to improve the quality of life in the healthy aging process. The methodology used was the Research-Action with a qualitative approach. The research's scenario was the language and computing center at the Escola Técnica Estadual do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC), located in the neighborhood of Marechal Hermes, in the city of Rio de Janeiro. The research relied on four steps, and the data collection tools used were the following: 1st) Construction, by the researcher, from the servants' demand, of the pilot project "Labor Gymnastics" forwarded to management; 2) Semi-structured Questionnaire by which means the Bardin's content analysis was carried out; 3) Reconstruction of the "Labor Gymnastics" project with the workers' engagement, always aiming at the permanent education policy in health (PEPS) and Freire (2010) entitled "Labor Interaction Circle"; and 4) Presentation, approval and institutionalization of the new project in the managing board. Four categories must be pointed out as results which emerged from the questionnaires: 1) Identifying themselves with the permanent education in health, which either embraces the Permanent Education or recognizes its concept, given that, although this policy is not within the school environment, it is based on Freire (2010); 2) Recognition of the ignorance of knowledge by Socrates: "I know that I know nothing", which revealed that only 1% made a connection with either the continued education or did not understand or did not respond; 3) Learning to decide: healthy choices, which demonstrated that the participants recognized the meaning of the healthy aging process as quality of life; 4) Changes of paradigms: propose creative methods, which evidenced that many participants need an education policy which favors healthy habits with the objective to achieve a new life style. The products elaborated in this research were: a information material to move around through Whatsapp, pamphlets for distribution at schools and a banner to remain where the meeting of Labor Gymnastics: "Circle of Labor Interaction" took place. It has been concluded that the process of promoting the permanent education within the school environment demonstrated its innovative character, through the topic "quality of life, during all the steps of healthy aging". Therefore, it will enable a new demand to the SUS (Unified Health System), since the proposal is to move out from a biomedical model, in which there is a great medicalization, and aiming at the prevention of diseases such as hypertension, diabetes and obesities, start to promote a healthier lifestyle, so as to contribute to the changes of paradigms. We see the possibility of transforming the reality of the common sense into a critical sense, when dealing with physical, mental and nutritional health, with the improvement of the life quality of the workers involved in the research. This process will work as a powerful tool to promote health for the education workers themselves, and it is intended to expand to workers of other areas of the school
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5920
Appears in Collections:MPES - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana Cortez Marcellos Fernandes.pdf3.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.