Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5934
Title: Educação permanente em saúde: estratégia para o fortalecimento de competências gerenciais dos enfermeiros de unidades básicas de saúde
Authors: Fernandes, Josieli Cano
metadata.dc.contributor.advisor: Cordeiro, Benedito Carlos
metadata.dc.contributor.members: Dias, Beatriz Fernandes
Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Fernandes, Josieli Cano. Educação permanente em saúde: estratégia para o fortalecimento de competências gerenciais dos enfermeiros de unidades básicas de saúde. 2017. 121 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2017
Abstract: Trata-se de dissertação de mestrado que possui como objeto de estudo o fortalecimento de competências gerenciais dos enfermeiros de Unidades Básicas de Saúde por meio da educação permanente e objetivo geral: analisar as competências do enfermeiro para a prática gerencial em unidades básicas de saúde. Método: estudo com abordagem qualitativa do tipo descritiva exploratória que teve como cenário as unidades Básicas de Saúde de um município da Baía de Ilha Grande do Rio de Janeiro. Foram convidados para sujeitos da pesquisa todos os enfermeiros gerentes que ocupam o cargo há mais de um ano e que tenham sido submetidos a processo de seleção pública e excluídos aqueles que, no período da pesquisa, encontravam-se de férias ou afastados do trabalho. Para a coleta de dados foi utilizado grupo focal. Os resultados foram ponderados com base na análise de conteúdo de Bardin. De acordo com os resultados e discussão, três categorias emergiram do estudo: Competências gerenciais por enfermeiros de Unidades Básicas de Saúde, Dificuldades do processo gerencial pelo enfermeiro na Unidade Básica de Saúde e Fatores facilitadores do processo gerencial pelo enfermeiro na Unidade Básica de Saúde. Ressaltaram-se entre as competências gerenciar conflitos, gerir insumos e materiais, o conhecimento técnico-cientifico e a liderança. Dentre as dificuldades observaram-se a falsa autonomia, os fluxos indefinidos, recursos humanos escassos e a falta de gestão participativa. Quanto às facilidades, foram apontadas a graduação em enfermagem e a equipe coesa. O produto desta dissertação é uma atividade de educação permanente destinada a gerentes de unidades básicas de saúde, a qual se construiu a partir dos apontamentos dos sujeitos de competências que precisavam ser fortalecidas. Conclui-se que o trajeto percorrido no estudo possibilitou alcançar os objetivos propostos e constatar que as competências descritas pelos pesquisados alinham-se às descritas em outros estudos. Permitiu-se ainda averiguar que a inexistência de educação permanente em saúde constitui uma lacuna que pode comprometer o processo de trabalho dos gerentes de UBS, sendo ela uma ferramenta capaz de gerar modificação das condições de trabalho. Os achados deste estudo refletem a realidade vivenciada pelos gerentes enfermeiros, mas podem ser generalizados a outros profissionais que atuam na gestão de grupos e equipes. Sugere-se que novas pesquisas sejam realizadas sobre a temática e que se deve aprimorar o desenvolvimento das competências gerenciais, principalmente as relacionadas à atenção primária
metadata.dc.description.abstractother: It is a master's thesis that has as object of study the Strengthening of managerial competencies of nurses from Basic Units of Health through the continuing education and a general objective: Analyze Nurse’s skills to the managerial practice in basic health units. Method: the study used the Qualitative approach of the descriptive exploratory type that had as a scenario the Basic Units of Health of a municipality from the Ilha Grande Bay in Rio de January. All the nurse managers Who have held the position for over a year and have undergone a process of Public selection were invited to be the subjects of research. Nurses who were on vacation or on a leave during the time of the study were excluded form the research. Focal group was used for data collection. The Results were studied through the Bardin content analysis. Results and discussion: 03 categories emerged from the study: Managerial competencies by Nurses of Basic Health Units, Difficulties of the managerial process by the Nurse in the Basic Health Unit and Factors that facilitate the managerial process By the nurse in the Basic Health Unit. Some competencies were highlighted: Managing conflicts, managing inputs and materials, technical-scientific knowledge and leadership. Among the difficulties, false autonomy, undefined flows, Scarce human resources and the lack of participatory management. As strong points we had graduated nurses and a cohesive team. The product of this dissertation is a continuing education activity that aimed at developing competence skills that needed to be strengthened of managers from basic units of Health. Conclusion: The trajectory covered in the study Achieved the proposed objectives and found that the competencies described by the Studies are in line with those described in other studies. It was still possible to find out that the lack of permanent health education may affect the work process of the managers of basic health unities, since this is a tool capable of generating changes in working conditions. The findings of this study reflect the reality experienced by nurses managers, but can be extended to other professionals who work in the management of groups and teams. It has been suggested that new researches should be carried out on the subject of developing of management skills, especially those related to primary health care
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/5934
Appears in Collections:MPES - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Josieli Cano Fernandes.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.