Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6047
Title: Acumulação de matéria orgânica e de elementos-traço em turfeiras altimontanas tropicais no Sudeste do Brasil nos últimos 150 anos
Authors: Lourençato, Lúcio Fábio
metadata.dc.contributor.advisor: Silva Filho, Emmanoel Vieira da
metadata.dc.contributor.advisorco: Bernardes, Marcelo Corrêa
metadata.dc.contributor.members: Anjos, Lucia Helena Cunha dos
Wasserman, Julio César Faria de Alvim
Machado, Wilson Thadeu Valle
Rousseau, Tristan Charles Clintandre
Issue Date: 2017
Abstract: Atualmente a extensão de turfeiras no mundo é de 400 milhões de ha, sendo que no Brasil correspondem a uma área de aproximadamente 600 mil ha. Este montante está sendo cada vez mais reduzido devido à forte degradação destes compartimentos ambientais. A importância das turfeiras não se limita apenas em abrigar específicos nichos ecológicos, mas também está associada a prestação de serviços ambientais incalculáveis. Dentre eles estão à alta estocagem de carbono e o aporte para o ciclo deste elemento e de outros elementos-traço depositados via atmosfera. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo avaliar o acumulo de matéria orgânica e elementos traço em testemunhos de turfeiras de dois parques nacionais, unidades de conservação ambiental, Itatiaia e da Serra dos Órgãos, nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, respectivamente. Nessas áreas foram realizadas caracterizações ambientais, pedológicas e vegetativas. Os solos foram classificados como Organossolos Háplicos Sápricos típicos. Devido à combinação de condições topográficas e climáticas favoráveis as turfeiras altimontanas tropicais amostradas indicaram que nos últimos 150 anos ocorreu alta taxa de acumulação de carbono, sendo esta de 159 g C m-2 ano-1 em Itatiaia e de 243 g C m-2 ano-1 na Serra dos Órgãos. Este valor é cerca de 7 vezes maior que o encontrado em turfeiras boreais e subárcticas. Alterações climáticas ocorridas na região a partir da década de 1950, aparentemente, provocaram redução na taxa de acumulo da turfa e de carbono a partir deste período. A relação dos fenóis de lignina siringil/vanilil e cinamil/vanilil foram superiores a 0,4 nas duas áreas e ao longo de todo o testemunho, mostrando que a vegetação da área de estudo que deu origem a matéria orgânica foi constituída majoritariamente por angiospermas não lenhosas. Através da relação dos fenóis de lignina 3,5 Bd/v e (Ad/vl)v também foi possível observar que a matéria orgânica de ambas as turfeiras é altamente humificada, pois essas relações foram superiores a 0,4, embora nas camadas superiores do testemunho de Itatiaia tenha sido ligeiramente menor a humificação que nas camadas mais profundas. A deposição atmosférica de mercúrio (Hg) avaliada nestes ambientes coincidiu com o aumento das emissões destes elementos registrados a partir do desenvolvimento industrial no Brasil. A concentração de mercúrio em Itatiaia foi de 137 ng g-1 antes de 1950 e de 179 ng g-1 pós 1950 e na Serra dos Órgãos foi de 136 ng g-1 nas camadas mais profundas e de 175 ng g-1 nas camadas mais superficiais. O chumbo (Pb) apresentou o mesmo comportamento do mercúrio nas duas áreas com medias de 15 μg g-1 em Itatiaia e de 13.14 μg g-1 na Serra dos Órgãos com aumento após 1950. A taxa de acúmulo de mercúrio e chumbo em Itatiaia sofreu forte redução a partir de 1950, o que pode estar associado às mudanças climáticas que podem ter ocorrido neste local a partir de 1950
metadata.dc.description.abstractother: Currently the extent of the peatland territory in the world is 400 million ha and in Brazil is 600 thousand ha. This amount is being progressively more attenuated due the strong devastation of these environmental compartments. The importance of peatlands is not restricted simply to sheltering specific ecological niches but also associated with the provision of incalculable environmental services. Among them are the high carbon storage and the participation in the cycle of this element and another trace elements deposited via the atmosphere. In this sense, the purpose of this work was assessment the accumulation of organic matter and of trace elements in tropical peatland from two national parks of environmental conservation, Itatiaia and Serra dos Órgãos, in the States of Minas Gerais and Rio de Janeiro, respectively. In these areas were carried out environmental, pedological and vegetative characterization. The soils of these areas were classified as typical Haplosaprists Histosols. Peat bogs indicated a high rate of carbon accumulation occurred in the last 150 years, corresponding to 159 g C m-2 year-1 in Itatiaia and 243 g C m-2 year-1 in Serra dos Órgãos. This value is about 7 times higher than those found in boreal and subarctic peatlands, probably due the combination of favorable topographic and climatic conditions. Since 1950, climatic changes in these regions apparently led to a reduction in the rate of carbon accumulation. Syringing / vanillyl and cinnamyl / vanillyl of lignin phenols ratios were higher than 0.4 in both peatland sites, showing that the original vegetation was from non-woody angiosperms. Lignin phenols proportion of 3.5 Bd/v and (Ad/vl)v were also higher than 0.4 and indicated a high humification of the organic matter for the two National parks, although in peat bogs Itatiaia this higher rate was observed in in layers deeper than in the surface layers. The atmospheric deposition of mercury (Hg) evaluated in these environments coincided with the increase of the emissions of these elements recorded from the industrial development in Brazil. Mercury concentration in Itatiaia was 137 ng g-1 before 1950 and 179 ng g-1 after 1950 and in Serra dos Órgãos it was 136 ng g-1 in the deeper layers and 175 in the more superficial layers. Lead (Pb) showed the same behavior of mercury in the two areas with a mean of 15 ng g-1 in Itatiaia and 13.14 ng g-1 in Serra dos Órgãos with an increase after 1950. The mercury and lead accumulation rate in Itatiaia suffered a heavy reduction from 1950 onwards and may be associated with the climatic changes that may have occurred in this place since 1950
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6047
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Lúcio Fábio Lourençato_2017_UFF_PDF.pdf2.28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons