Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/610
Title: Estudo retrospectivo da técnica de botoeira em hemodiálise aplicada em usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)
Authors: Silva, Dejanilton Melo da
metadata.dc.contributor.advisor: Escudeiro, Cristina Lavoyer
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Silva, Dejanilton Melo da. Estudo retrospectivo da técnica de botoeira em hemodiálise aplicada em usuários do Sistema Único de Saúde. Niterói, 2014. 121f.
Abstract: A doença renal crônica emerge hoje como um sério problema de saúde pública em todo mundo, sendo considerada uma “epidemia” de crescimento alarmante. Um dos grandes desafios do século XXI será minimizar as implicações promovidas por essa patologia no nível econômico e social. O acesso vascular representa uma das principais causas mobilizadoras de recursos financeiros nas pessoas com insuficiência renal crônica terminal (IRCT). A canulação tradicional em fístula arteriovenosa era, até recentemente, a única prática no serviço de hemodiálise (HD). A partir da introdução de uma alternativa de canulação praticada na Europa e Estados Unidos, se evidenciaram melhorias para o paciente com um protocolo rigoroso que ameniza consideravelmente as complicações com os acessos vasculares definitivos para HD. Estudo descritivo, exploratório e retrospectivo de abordagem quantiqualitativa sobre a técnica de botoeira à pacientes com IRCT, com fístula arteriovenosa pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tendo como objetivos: descrever a técnica de botoeira no serviço de hemodiálise; identificar os desfechos da utilização da técnica de botoeira dos pacientes em programa regular de HD durante os últimos três anos; comparar os desfechos obtidos da aplicação da técnica de botoeira em relação à ropeladder e; discutir a técnica de botoeira como indicador de qualidade do cuidado de enfermagem oferecido ao paciente em tratamento hemodialítico usuário do SUS no ambiente de um serviço privado. O cenário foi uma clínica privada conveniada ao SUS localizada na região metropolitana do estado do Rio de Janeiro. A amostra foi constituída por 94 pacientes, e a coleta de dados foi realizada por meio dos prontuários, questionário semiestruturado e entrevista semiestruturada. Do estudo emergiram dados que descrevem a implantação da técnica de botoeira, dados comparativos entre a técnica de botoeira e ropeladder e entrevista sobre a satisfação do uso da técnica de botoeira. Os dados foram analisados utilizando o programa SPSS 17.0, software Bioestat e análise de conteúdo de Bardin. Conclui-se que a técnica de botoeira demonstrou-se benéfica ao paciente em terapia hemodialítica em todos os aspectos, com ênfase nos aspectos de dor, autoimagem e autoestima. Permitiu observar, também, que os gastos dos cofres públicos com acesso vascular definitivo foram diminuídos e será necessária a divulgação deste estudo no âmbito nacional e internacional para disseminação da informação. Ressalta-se a importância de novos estudos para criação e validação de um protocolo que seja viável na utilização da técnica de botoeira aos pacientes submetidos à terapia hemodialítica no Brasil.
metadata.dc.description.abstractother: Chronic kidney disease emerges today as a serious public health problem worldwide and is considered an "epidemic" of alarming growth. One of the great challenges of the 21st century will minimize the implications promoted by this pathology in the economic and social level. The vascular access is one of the main causes of mobilizing financial resources in people with chronic kidney disease (CKD). The traditional cannulation in arteriovenous fistula was, until recently, the only practical in hemodialysis (HD) services. From the introduction of an alternative cannulation practiced in Europe and the United States, noted improvements for the patient with a strict protocol that greatly eases the complications with the definitive vascular access for HD. Descriptive, exploratory and retrospective study of quantiqualitative approach about the buttonhole technique to CKD patients with arteriovenous fistula by the Unified Health System (UHS), having as objectives: to describe the buttonhole technique in HD services; identify the outcomes of using the buttonhole technique of the patients in a HD regular program during the last three years; compare outcomes obtained from the application of the buttonhole technique in relation to ropeladder and; discuss the buttonhole technique as a quality indicator of the nursing care provided to patients in UHS HD user treatment in a private service. The study setting was a private clinic contracted to UHS located in the metropolitan region of the state of Rio de Janeiro. The sample consisted of 94 patients, and data collection was performed by means of the medical records, semi-structured questionnaire and semi-structured interview. Emerged data describing the implementation of the buttonhole technique, comparative data between the buttonhole technique and ropeladder and interview on satisfaction of using the buttonhole technique. Data were analyzed using SPSS 17.0 software and Bioestat and content analysis by Bardin. It concludes that the buttonhole technique proved to be beneficial to the patient in hemodialysis in all aspects, with emphasis on aspects of pain, self-image and self-esteem. Was observed that the expenditure of public funds with definitive vascular access were decreased and will require the disclosure of this study in the national and international level for dissemination of information. We emphasize the importance of new studies for the development and validation of a protocol that is viable in the use of the buttonhole technique for patients undergoing HD in Brazil.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/610
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dejanilton_versão final.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.