Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6112
Title: Saberes e práticas de trabalhadores de enfermagem sobre riscos ocupacionais na atenção básica à saúde: um estudo de intervenção
Other Titles: Nursing workers' knowledge and practices about occupational hazards in basic health care: an intervention study
Authors: Arcanjo, Renata Vieira Girão
metadata.dc.contributor.advisor: Christovam, Bárbara Pompeu
metadata.dc.contributor.members: Christovam, Bárbara Pompeu
Souza, Norma Valéria Dantas de Oliveira
Silvino, Zenith Rosa
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Arcanjo, Renata Vieira Girão. Saberes e práticas de trabalhadores de enfermagem sobre riscos ocupacionais na atenção básica à saúde: um estudo de intervenção. 2016. 146 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2016.
Abstract: Os acidentes de trabalho são causados pela exposição aos riscos ocupacionais. Estes riscos podem afetar a segurança, a saúde humana, a integridade profissional e a imagem institucional. Apesar da crescente demanda de atividades desenvolvidas por profissionais na Atenção Básica a Saúde, evidenciou-se uma produção incipiente acerca dos riscos ocupacionais a que estão submetidos os profissionais que atuam neste cenário. Neste sentido, é fundamental a implementação de ações educativas como estratégia interventiva voltadas à conscientização e capacitação dos profissionais para o desenvolvimento de práticas preventivas no seu local de trabalho. Assim sendo, o presente estudo propôs a implementação de uma intervenção educativa com profissionais de enfermagem na Atenção Básica a Saúde, com a aplicação de uma tecnologia educacional visando à diminuição da exposição destes profissionais aos riscos ocupacionais. Hipóteses: H1: Existe melhora nos saberes e mudança nas práticas dos profissionais de enfermagem do grupo experimental após a implementação de intervenção educativa na atenção básica; H0: Os saberes e as práticas dos profissionais de enfermagem do grupo experimental após a implementação de intervenção educativa é igual ao do grupo controle. Objetivos: Caracterizar os riscos ocupacionais aos quais os profissionais de enfermagem que atuam nas unidades de Atenção Básica de Jurujuba estão expostos; levantar ossaberes e práticas dos profissionais de enfermagem frente aos riscos ocupacionais encontrados nas unidades de atenção básica estudadas; construir e implementar uma tecnologia educativa para profissionais de enfermagem da atenção básica de saúde; e avaliar o impacto das ações interventivas referentes ao saberes e as práticas da equipe de enfermagem, após aplicação da tecnologia educativa. Método: O estudo teve abordagem quantitativa, quase-experimental com desenho pré-teste/pós-teste com grupo controle não equivalente. Teve como cenários de estudo duas unidades de Atenção Básica a Saúde de baixa e média complexidade assistencial, localizadas no bairro de Jurujuba no município de Niterói/RJ (Brasil). Os participantes da pesquisa (n=14) foram todos os profissionais que compõe a equipe de enfermagem dos cenários de estudo. A coleta de dados ocorreu no período de 14 a 24 de setembro de 2015. Os dados coletados foram tratados utilizando dois softwares, o SPHINX® versão 2011 e IBM SPSS Statistics. Resultados: 93% dos participantes são do sexo feminino e a idade variou de 31 a 57 anos. No que se refere à jornada de trabalho, a carga horária trabalhada pelos profissionais é heterogênea, com predomínio de profissionais com quarenta horas semanais (n= 10; 71,4%). Evidenciou-se uma correlação positiva forte entre a aplicação da intervenção educativa e a melhora dos saberes (r=0,858) e mudança nas práticas preventivas (r=0,992) acerca dos riscos ocupacionais pelos profissionais de enfermagem do grupo experimental, que atuam na Atenção Básica de Saúde, após sua implementação. Conclusão: Os resultados do estudo demonstraram a eficácia da intervenção educativa realizada. Confirmam também que, a capacitação de profissionais constitui em estratégia eficaz, pois a aquisição de saberes propicia a adoção de práticas preventivas que evitam acidentes e agravos à saúde dos profissionais. Recomenda-se a replicação do estudo em outras unidades de atenção básica e o desenvolvimento de outras pesquisas para validação da tecnologia educativa.
metadata.dc.description.abstractother: Work accidents are caused by exposure to occupational hazards. These risks may affect the safety, human health, professional integrity and corporate image. Despite the growing demand for activities carried out by professionals in Primary Health Care, evidence of an incipient production about occupational risks they face professionals who work in this scenario. In this sense, it is essential to implement educational measures as interventional strategy aimed at awareness and training of professionals for the development of preventive practices in your workplace. Therefore, the present study proposed the implementation of an educational intervention with nursing professionals in Primary Care Health, with the application of educational technology in order to reduce the exposure of these professionals to occupational risks. Hypotheses: H1: There is improvement in knowledge and change the practices of the experimental group nursing professionals after the implementation of educational intervention in primary care; H0: The knowledge and practices of the experimental group nursing professionals after the implementation of educational intervention are the same as the control group. Objectives: To characterize the occupational risks to which the nursing professionals who work in Jurujuba primary care units are exposed; raise the knowledge and practices of nursing staff to occupational hazards found in the studied primary care units; build and implement an educational technology for the basic health care nursing professionals; and assess the impact of interventional actions relating to the knowledge and the nursing team practice, after application of educational technology. Method: The study was quantitative, quasi-experimental with design pre-test/post-test with non-equivalent control group. We were to study two units scenarios Primary Health Care for low and medium complexity care, located in Jurujuba neighborhood in Niterói/RJ (Brazil). Survey participants (n = 14) were all professionals who make up the nursing staff of the study scenarios. Data collection took place between 14-24 September 2015. The data collected were processed using two software, Sphinx® 2011 version and IBM SPSS Statistics. Results: 93% of participants are female and ages ranged 31-57 years old. With regard to working hours, the hours worked by professionals is heterogeneous, predominantly professionals with forty hours per week (n = 10; 71.4%). It found a strong positive correlation between the implementation of educational intervention and improvement of knowledge (r = 0.858) and change in preventive practices (r = 0.992) about the occupational risks by nursing professionals in the experimental group, working in Primary Care Health, after its implementation. Conclusion: The results of the study demonstrated the efficacy of educational interventions performed. Also confirm that the training of professionals constitutes effective strategy for the acquisition of knowledge promotes the adoption of preventive practices that prevent accidents and harm to health professionals. It is recommended to study replication in other primary health care units and the development of further research to validate the educational technology.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6112
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO RENATA ARCANJO.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open
Cartilha- Produto da Dissertação.pdf2.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.