Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6156
Title: O corpo nos rituais jurídicos: cultura, vestimenta e tatuagem nos Tribunais do Júri e Varas Criminais do Rio de Janeiro
Other Titles: The Body at Legal Rituals: culture, clothing and tattoo at brazilian Jury Trial and judicial criminal preliminary hearings of Rio de Janeiro
Authors: Monteiro, Paloma Abreu
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Roberto Kant de
metadata.dc.contributor.members: Lima, Roberto Kant de
Lobão, Ronaldo Joaquim da Silveira
Freire, Letícia de Luna
Issue Date: 2015
Citation: MONTEIRO, Paloma Abreu. O Corpo nos Rituais Jurídicos: cultura, vestimenta e tatuagem nos tribunais do júri e varas criminais do Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado em Direito Constitucional), Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015.
Abstract: A partir de observações participantes nos quatro tribunais do júri e em algumas varas criminais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, busquei demonstrar como o corpo, efeito de poder, insere-se como elemento privilegiado para analisar os rituais jurídicos e vice-versa, assumindo a compreensão do direito como um domínio da cultura. A vestimenta e a tatuagem surgiram como focos principais da minha observação. No entanto, esta se expandiu conforme o trabalho de campo se desenvolvia e passei a perceber o corpo em suas muitas outras formas de expressão, como suas falas e silêncios, os espaços que ocupavam, como interagiam, bem como o próprio espaço físico do campo. Este trabalho, portanto, pesquisa as interações do campo e do corpo nos rituais jurídicos, cujos símbolos não apenas descrevem o direito, como nos fornece os meios necessários para (re)conhecer nossa própria cultura - além de propor a imersão da antropologia jurídica nas faculdades de direito.
metadata.dc.description.abstractother: From participant observations in all four Jury Trials and some judicial criminal preliminary hearings of Rio de Janeiro’s Court, I tried to demonstrate how the body is inserted as a privileged element - as it is a power effect - to analyze the legal rituals and vice versa, assuming the understanding of law as culture domain. Clothing and tattoos firstly emerged as the major focus of my observation. However, during the fieldwork, my reflections expanded and I started to realize the body in its many other forms of expression, as their speeches and silences, the spaces they occupied, how they interacted, as well the physical space of the field itself. This work, therefore, research the interactions of the legal field and the body in the legal rituals, whose symbols not only describe the law, as provides us with the means to (re)cognize our own culture - besides proposing the immersion of legal anthropology in law schools.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6156
Appears in Collections:NEPEAC - Teses e Dissertações



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.