Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6176
Title: Renormalizabilidade em teorias com violação de Lorentz : eletrodinâmica quântica e teoria de Yang-Mills
Authors: Santos, Tiago Ribeiro da Silva
metadata.dc.contributor.advisor: Sobreiro, Rodrigo Ferreira
Issue Date: 2016
Abstract: Esta tese é devotada a aspectos teóricos de modelos que violam a simetria de Lorentz; abrangendo a eletrodinâmica quântica e a Teoria de Yang-Mills pura com violação das simetrias de Lorentz e de CPT. Concentramo-nos na análise da renormalizabilidade desses modelos. Na eletrodinâmica quântica analisamos a renormalização a 1-laço por meio de métodos analíticos, i.e., cálculos explícitos dos diagramas de Feynman, onde aplicamos a regularização dimensional junto com a prescrição de subtração MS para subtrair divergências ultravioletas que surgem na função vértice, e discutimos ainda o problema da geração do termo tipo Chern-Simons. No intuito de estender a análise da renormalizabilidade em todas as ordens em teoria de perturbações, abrangendo problemas como estabilidade quântica e anomalias de calibre - e rediscutir a indução radiativa do termo tipo Chern-Simons -, empregamos a quantização de BRST e a abordagem de renormalização algébrica, um método independente do esquema de renormalização. Além disso, é empregado o método de Symanzik como controlador das quebras das simetrias de Lorentz e de CPT. A análise da renormalizabilidade da Teoria de Yang-Mills pura é feita por meio desses mesmos métodos. Devido à geração de termos de massa para os campos de calibre não-abelianos, uma consequência da exigência da estabilidade quântica, provenientes de coeficientes de violação de Lorentz, analisamos ainda o espectro físico do propagador dos campos de calibre não-abelianos, abrangendo o estudo da causalidade e unitariedade desse setor.
metadata.dc.description.abstractother: This thesis is devoted to theoretical aspects of Lorentz-violating models; covering quantum electrodynamics and pure Yang-Mills theory with violation of Lorentz and CPT symmetries. We focus in the analysis of the renormalizability of these models. In the quantum electrodynamics, we analyze the renormalization to 1-loop through analytical methods, i.e., explicit computation of the Feynman diagrams, and we apply the dimensional regularization together with the MS prescription in order to subtract ultraviolet divergences that rise in the vertex function, and we still discuss the problem of Chern-Simons like term generation. In order to extend the renormalizability analysis to all orders in perturbation theory, covering issues like quantum stability and gauge anomalies - and discuss again the Chern-Simons like term generation -, we employ the BRST quantization and the algebraic renormalization technique, a renormalization independent method. Moreover, it is employed the Symanzik method as a controller of Lorentz and CPT breaking. The analysis of the renormalizability of pure Yang-Mills theory is performed via same methods. Due to the generation of mass terms for the non-Abelian gauge fields, a consequence of the exigency of the quantum stability, from Lorentz breaking coeficients, we analyze the physical spectrum of the non-Abelian gauge field propagator, taking into account issues like causality and unitarity.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6176
Appears in Collections:PPGF - Teses e Dissertações



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons