Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6187
Title: A relação entre a confiança do empregado na organização e o sistema organizacional predominante: estudo de caso em uma empresa prestadora de serviços
Authors: Alves, Fernanda Diniz
metadata.dc.contributor.advisor: Meirelles, Catharina Marinho
metadata.dc.contributor.members: Leite, Ana Paula Todaro
Abegão, Luis Henrique
Issue Date: 2009
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Alves, Fernanda Diniz. A relação entre a confiança do empregado na organização e o sistema organizacional predominante: estudo de caso em uma empresa prestadora de serviços. 2009. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração)-Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Fluminense, 2009.
Abstract: O contexto de incerteza diante da imprevisibilidade dos diferentes cenários economicos, pode provocar quebra nas relações de confiança. A insegurança em relação ao comportamento da organização parece fragilizar a qualidade da comunicação, a cooperação do processo decisório e o desempenho dos empregados. Baseado nas contribuições de Likert para a teoria comportamental, este trabalho pretende verificar se existe relação entre a confiança dos empregados depositada em sua organização de trabalho e o sistema organizacional identificado pelos mesmos. Parte-se do pressuposto de que as diferentes e gradativas alternativas de administrar um conjunto de variáveis podem apresentar-se como facilitadoras de boas relações no trabalho, terreno fértil para o desenvolvimento de laços de confiança. Para possibilitar a análise da relação dessas variáveis, optou-se pela revisão bibliográfica, pela pesquisa descritiva, com a utilização de questionários e pelo desenvolvimento de entrevistas contextualizadas em um estudo de caso, realizado em uma empresa nacional de grande porte no ramo de logística, com foco no transporte ferroviário. Conclui-se que não há mecanismos claros que funcionem como redutores de incerteza, ou que provoquem um clima de segurança, na medida em que a empresa envia sinais inconsistentes quanto a sua real intenção, fato que corrobora a indiferença dos respondentes com relação à confiança.
metadata.dc.description.abstractother: The context of uncertainty through the unpredictability of different economic scenarios, can cause breaks in relationships of truste The uncertainty about the behavior of the organization seems to undermine the quality of conlmunication, cooperation, decision-making and performance of employees. Based on contributions from studies of scales, to behavioral theory, this study aimed to assess whether there is a relationship between the trust of employees placed in their work organization and the organizational system identified by them. It starts from the assumption that the different altematives of gradual and administer a set of variables can be presented as a facilitator of good relations at work, fertile ground for developing bonds of trust. To enable the analysis of the relationship of these variables, we opted for literature, the descriptive study, using questionnaires and interviews by developing a contextualized case study, conducted in a domestic Icompany in the large field of logistics, focusing on rail. We conclude that there is no clear mechanisms that oper~te as a reduction of uncertain or which cause a climate of security in that the company sends inconsistent signals as to their real intent, thus corroborating the indifference of respondents about the trust.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6187
Appears in Collections:VGD - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009-Administração-Fernanda Diniz Alves.pdf80.94 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons