Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6320
Title: Escalas aplicadas no Brasil para avaliação do estresse do trabalhador de enfermagem
Authors: Silva, Eduardo Fernandes da
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Jorge Luiz Lima da
metadata.dc.contributor.members: Silva, Jorge Luiz Lima da
Motta, Cristina Portela da
Chrizostimo, Miriam Marinho
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Silva, Eduardo Fernandes da. Escalas aplicadas no Brasil para avaliação do estresse do trabalhador de enfermagem. 2016. 65 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2016.
Abstract: Introdução: é cada vez mais evidente o acometimento de estresse e desgaste entre profissionais da enfermagem, esses trabalhadores enfrentam sobrecarga tanto quantitativa, evidenciada pela responsabilidade por mais de um setor hospitalar, quanto qualitativa verificada na complexidade das relações humanas. Estudos avaliaram essas questões e se utilizaram de escalas, as quais devem ser levadas em consideração. O estudo objetivou descrever escalas aplicadas para avaliação do estresse do trabalhador de enfermagem, no Brasil. Método: pesquisa de natureza descritiva que visa identificar, registrar e analisar as características, estudo descritivo que se deu por meio de revisão sistematizada de literatura incluindo obras dos últimos cinco anos. Resultados: obteve-se 25 artigos que foram descritos os quais demonstram que as escalas mais utilizadas são: a Maslach Burnout Inventory para avaliação de burnout, a Escala Bianchi de Estresse, e o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp, que apresentaram os três maiores números de estudos aplicados nos últimos cinco anos. Os artigos contendo as escalas analisadas apresentaram significância estatística e validade interna, atenderam a critérios Qualis Capes. Esses instrumentos de avaliação são eficazes à medida que permitem ao pesquisador na obtenção de informações a respeito da qualidade de vida dos profissionais, nos fatores que possam estar influenciando em sua saúde e pela competência dos mesmos para que possivelmente possa resolver problemas e instrumentalizar o conhecimento para a tomada de decisões e construir possíveis indicadores e futuros protocolos assistenciais.
metadata.dc.description.abstractother: Introduction: the stress and burnout among nursing professionals is increasingly evident, these workers face both quantitative overload, evidenced by the responsibility of more than one hospital sector, and qualitative ascertained in the complexity of human relations. Studies have evaluated these issues and used scales, which should be taken into account. The study aimed to describe scales applied to evaluate the stress of the nursing worker in Brazil. Method: research of descriptive nature aims at the identification, registration and analysis of the characteristics, a descriptive study that has taken place through a systematized review of literature including works of the last five years. Results: we obtained 25 articles that have been described which show that the most used scales are: the Maslach Burnout Inventory for burnout evaluation, the Bianchi Stress Scale and the Lipp Adult Stress Symptom Inventory, which presented the three The highest number of works applied in the last five years. It was concluded that these evaluation tools are effective as they allow the researcher to obtain information about the quality of life of professionals, factors that may be influencing their health and their competence so that they can solve problems and Instrumentalize the knowledge for decision making and build possible indicators and future assistance protocols.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6320
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC EDUARDO FERNANDES DA SILVA.pdf682.74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.