Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6430
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSampaio, Adriano Vilela-
dc.contributor.authorSouza, Ana Carla Porto de-
dc.date.accessioned2018-05-07T20:21:29Z-
dc.date.available2018-05-07T20:21:29Z-
dc.date.issued2017-07-12-
dc.identifier.urihttps://app.uff.br/riuff/handle/1/6430-
dc.description.abstractO Regime de Metas de Inflação chegou ao Brasil e a outras economias desenvolvidas e emergentes como uma nova regra de política monetária, cujo objetivo principal seria estabilizar a inflação. Entretanto, problemas, como elevações nos juros, começaram a surgir, colocando em questão a funcionalidade do principal instrumento da política monetária: a taxa de juros. Dessa forma, medidas complementares passaram a ser analisadas pelas autoridades, como é o caso das medidas macroprudenciais, adotadas em diversos países a partir da crise de 2008. Estas, que a princípio buscavam garantir apenas a estabilidade do sistema financeiro, passaram a ser consideradas como mecanismos que contribuiriam para o cumprimento da meta de inflação, sem que se colocasse pressão excessiva sobre os juros. Nessa perspectiva, o presente trabalho analisa como as medidas macroprudenciais, mais especificamente os recolhimentos compulsórios, se relacionam com a inflação no Brasil, tendo em vista que as obstruções nos canais de transmissão podem ter contribuído para o elevado patamar dos juros no país. Para tanto, utilizou-se de uma análise econométrica a fim de se verificar essa relação, tendo como horizonte temporal o período de 2004 a 2016. Baseando-se na hipótese de que os recolhimentos compulsórios podem contribuir para o cumprimento da meta de inflação, flexibilizando, então, o principal instrumento de política monetária (a taxa de juros), os resultados da análise sugerem que este instrumento pode de fato servir como uma medida auxiliar no controle inflacionário, fazendo com que as variações nas taxas de inflação e de juros sejam menores. Além disso, notou-se que o crédito se mostrou como a variável que mais influencia a inflação, podendo ser um meio pelo qual o compulsório também consegue agir sobre a mesma, mesmo que de forma indireta. Já a taxa SELIC foi a segunda variável que mais influencia a inflação, mostrando a sua importância para o controle inflacionário, mesmo que apresente consequências negativas à economia.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Samuel Campos (samuelcampos@id.uff.br) on 2018-04-28T16:38:07Z No. of bitstreams: 1 Monografia Ana Carla - versão corrigida.pdf: 1214433 bytes, checksum: d913e1773e64c7e072c78729c4b5ebd7 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by bucg Universitária de Campos dos Goytacazes (bucg@ndc.uff.br) on 2018-05-07T20:21:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Monografia Ana Carla - versão corrigida.pdf: 1214433 bytes, checksum: d913e1773e64c7e072c78729c4b5ebd7 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-05-07T20:21:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Monografia Ana Carla - versão corrigida.pdf: 1214433 bytes, checksum: d913e1773e64c7e072c78729c4b5ebd7 (MD5) Previous issue date: 2017-07-12en
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.titleMedidas macroprudenciais e inflação:pt_BR
dc.titleuma análise do papel do compulsório no Brasil (2004 - 2016)pt_BR
dc.typeMonografia de conclusão de cursopt_BR
dc.subject.keywordRegime de Metas de Inflaçãopt_BR
dc.subject.keywordTaxa de Jurospt_BR
dc.subject.keywordInflaçãopt_BR
dc.subject.keywordMedidas Macroprudenciaispt_BR
dc.subject.keywordRecolhimentos Compulsóriospt_BR
dc.subject.keywordVARpt_BR
dc.subject.keywordVECpt_BR
dc.contributor.membersSampaio, Adriano Vilela-
dc.contributor.membersTostes, Felipe Santos-
dc.contributor.membersProfeta, Graciela Aparecida-
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR
dc.subject.descriptorEconomiapt_BR
dc.identifier.vinculationAluno de Graduaçãopt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal Fluminensept_BR
dc.degree.departmentDepartamento de Ciências Econômicas de Campospt_BR
dc.degree.date2017-07-12-
dc.degree.localCampos dos Goytacazespt_BR
dc.degree.cursoCiências Econômicas (Campos)pt_BR
dc.publisher.departmentCampos dos Goytacazespt_BR
Appears in Collections:GCE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Ana Carla - versão corrigida.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.