Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6461
Title: Limites e possibilidades das práticas de educação em saúde: uma reflexão sobre o processo de formação em enfermagem
Authors: Silva, Clarissa Gonçalves da
metadata.dc.contributor.advisor: Daher, Donizete Vago
metadata.dc.contributor.members: Daher, Donizete Vago
Cursino, Emília Galindo
Souza, Ândrea Cardoso de
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Silva, Clarissa Gonçalves da. Limites e possibilidades das práticas de educação em saúde: uma reflexão sobre o processo de formação em enfermagem. 2013. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: A temática educação em saúde está diretamente ligada ao processo de trabalho da enfermagem. Mas, esse processo precisa estar de acordo com as necessidades sociais da saúde. São nas práticas educativas que se pode adaptar a prática à teoria, reorientando hábitos de vida e assim promover saúde e oferecer assistência direcionada. Temos como objetivo conhecer os saberes e a percepção dos acadêmicos de enfermagem sobre Educação em Saúde. Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório, um estudo de campo qualitativo, os dados foram colhidos através de entrevista semi estruturada. A pesquisa foi realizada na Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. A amostra de estudo é composta por alunos dos sétimo, oitavo e nono períodos, sujeitos que estão aplicando ou já aplicaram práticas educativas em seus ensinos teórico práticos ou estágios curriculares. A metodologia de análise de dados utilizada é a análise de conteúdo proposta por Bardin. Os entrevistados tem de 21 a 35 anos, a maioria do sexo feminino. No que se refere ao processo de formação realizado pela instituição, ela tenta formar alunos que possam pensar em questões como humanização, promoção da saúde, vínculo profissional –paciente, integralidade da assistência, mas são questões que não conseguem de fato formar uma prática transformadora, que possa respeitar os diferentes condicionantes e determinantes de saúde dos indivíduos. Também ficou evidenciado por alguns discursos que certeza do saber-fazer educação em saúde leva a um lugar de pouca valorização dessa tecnologia, passando esta ação a ser um lugar de reprodução ou somente de transferência de saber. A educação em saúde não se trata de uma prática fácil, mas de uma prática desafiadora ao cotidiano do enfermeiro. O habitus da educação em saúde não deve se configurar como uma ação pontual e sim ser incorporado ao cotidiano do enfermeiro.
metadata.dc.description.abstractother: The theme of health education is directly linked to the process of nursing work. However, this process needs to conform to the needs of health. Are educational practices that can adapt practice to theory, reorienting lifestyle and thus promote health and provide targeted assistance. We aim to meet the knowledge and perception of nursing students on Education for Health This is an exploratory research, a field study qualitative data were collected through semi-structured interviews. The research was conducted at the School of Nursing Aurora Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense. The study sample consists of students of the seventh, eighth and ninth periods, subjects who are applying or have applied educational practices in their teaching theoretical or practical internships. The methodology of data analysis used is content analysis proposed by Bardin. The respondents have 21-35 years, most females. With regard to the training process conducted by the institution, she tries to train students who can think on issues such as humanization, health promotion, professional-patient relationship, comprehensive care, but are issues that can not actually form a transformative practice, you can observe the different conditions and determinants of health of individuals. Also evidenced by some speeches that sure know how health education leads to a place of little value of this technology, through this action to be a place only for reproduction or transfer of knowledge. Health education is not an easy practice, but a practice of challenging the everyday nursing. The habitus of health education should not be configured as an isolated action, but should be incorporated into the daily life of the nurse.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6461
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC CLARISSA GONÇALVES DA SILVA.pdf480.72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.