Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6478
Title: Produtos naturais bioatiavos de piper – anticancerigenos
Authors: Hunnicutt, Beatriz Campello
metadata.dc.contributor.advisor: Valverde, Alessandra Leda
metadata.dc.contributor.advisorco: Macedo, Arthur Ladeira
metadata.dc.contributor.members: Campos, Vinicius Rangel
Marques, Isakelly Pereira
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Hunnicutt, Beatriz Campello. Produtos naturais bioativos de piper-anticancerígenos. 2016. 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Química)-Instituto de Química, Universidade Federal Fluminense, 2016.
Abstract: O câncer ainda é uma das principais doenças que atinge a sociedade atual, sendo uma das maiores causas de morte ao redor do mundo. Os casos de pessoas com câncer têm crescido cada vez mais ao longo dos anos, mesmo com o avanço da medicina e dos conhecimentos cada vez mais aprofundados sobre os mecanismos de ação dessas mutações. Sabe-se hoje que a dieta nutricional tem uma relação direta com essa doença, o câncer, podendo ser a causa, a prevenção ou até mesmo a cura. Dados demográficos apontam, por exemplo, que o número de casos de câncer que atinge a população Ocidental é consideravelmente maior do que o número de casos da população Oriental, sendo a diferença na dieta dessas culturas um dos fatores que mais contribuem para esses dados. O consumo de legumes, frutas, vegetais, especiarias e produtos não industrializados principalmente, compõe a maior fração dos alimentos ingeridos pela população oriental. Os pratos orientais são geralmente conhecidos por seus sabores diversificados e caracteristicamente picantes. As pimentas são um dos principais temperos utilizados há séculos pelo homem e são espécies pertencentes ao gênero Piper da família Piperacea que apresenta mais de 3.000 espécies ao redor do mundo, concentradas principalmente nas regiões mais quentes Tropicais e Subtropicais As espécies Piper tem um enorme valor comercial, econômico e medicinal, razão pela qual têm sido foco de diversas pesquisas nos últimos anos. Essas espécies têm sido usadas em sistemas medicinais tradicionais há milhares de anos, incluindo os sistemas Chinês e Indiano, assim como em medicamentos do folclore da América Latina. Os extratos dessas espécies já são conhecidos por suas propriedades anti-inflamatória, antibacteriana, antitumoral e citotóxica, e nas ultimas cinco décadas, investigações sobre o gênero Piper e suas propriedades antitumorais resultaram no isolamento de classes de compostos fisiologicamente ativos tais como alcaloides, amidas, pironas, terpenos, esteróides, Kawapironas, Piperólidos, flavonóides, fenilpropanóides, ligninas e neoligninas. Esse trabalho apresenta informações obtidas ao longo de onze anos de pesquisas sobre as espécies Piper e suas atividades antitumorais, mostrando a importância do gênero e dos produtos naturais na medicina atual.
metadata.dc.description.abstractother: Cancer is still one of the major diseases affecting today's society, being one of the biggest causes of death around the world. The cases of people with cancer have grown more and more over the years, even with the advance of medicine and the ever deeper knowledge on the mechanisms of action of these mutations. It is known today that the nutritional diet has a direct relation with this disease, cancer, being the cause, the prevention or even the cure. Demographic data indicate, for example, that the number of cancer cases reaching the Western population is considerably higher than the number of cases in the Eastern population, and the difference between the diet of these cultures is one of the factors that contribute most to this data. Consumption of vegetables, fruits, vegetables, spices and non-industrialized products mainly makes up the largest fraction of food ingested by the eastern population. Oriental dishes are generally known for their diverse and characteristically spicy flavors. The peppers are one of the main seasonings used by man for centuries and belong to the Piper genus of the Piperacea family, which has more than 3.000 species around the world, mainly concentrated in the warmer Tropics and Subtropical regions. The Piper species have enormous commercial, economic and medicinal value, which is why they have been the focus of several researches in recent years. These species have been used in traditional medicinal systems for thousands of years, including the Chinese and Indian systems, as well as in Latin American folklore medicines. Extracts of these species are already known for their anti-inflammatory, antibacterial, antitumor and cytotoxic properties, and in the last five decades investigations of the Piper genus and its antitumor properties have resulted in the isolation of classes of physiologically active compounds such as alkaloids, amides, pironas, terpenes, steroids, Kawapironas, piperolides, flavonoids, phenylpropanoids, lignins and neolignins. This work presents information obtained over twelve years of research on Piper species and their antitumor activities, showing the importance of gender and natural products in current medicine.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6478
Appears in Collections:QBACN - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
monografia beatriz banca CD.pdfTCC-Beatriz Campello Hunnicutt1.41 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons