Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6485
Title: O GHS e a sua implementação no Brasil
Authors: Krajewski, Fernanda Frutuoso
metadata.dc.contributor.advisor: Fontoura, Geraldo André Thurler
metadata.dc.contributor.members: Donagemma, Raquel Andrade
Machado, Renata Cordeiro
Issue Date: 4-Jan-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Krajewski, Fernanda Frutuoso. O GHS e a sua implementação no Brasil. 2016. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Química)-Instituto de Química, Universidade Federal Fluminense, 2016.
Abstract: O Sistema Globalmente Harmonizado (GHS) foi criado para minimizar as divergências entre as classificações e rotulagens de perigos de produtos químicos ao redor do mundo. O aumento da produção e uso de produtos químicos e a crescente preocupação com o meio ambiente motivaram a elaboração de um sistema que permitisse a gestão segura destes produtos. O intuito do GHS era aumentar a proteção para todos os públicos-alvo. Os benefícios abrangem trabalhadores, indústrias e governos. O manual oficial do GHS é o Purple Book, que teve sua primeira publicação em 2003 e é revisado bianualmente. No Brasil, as normas ABNT NBR 14725 Partes 1 - 4 integram a força de trabalho para a implementação do GHS. Nela, estão descritos os critérios para a classificação de perigos e instruções para rotulagem e confecção de FISPQs (Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos) de acordo com as instruções do Sistema Globalmente Harmonizado. A necessidade da inclusão do GHS em FISPQs e rotulagem de produtos químicos foi determinada pela portaria n. º 229, de 2011, da NR 26 – Sinalização e Segurança. Este trabalho pretende realizar um estudo sobre o GHS incluindo o período anterior à sua criação até a implementação e analisar como este processo ocorreu no Brasil. Foram utilizados questionários numa pesquisa qualitativa voltados para diferentes públicos alvo com o objetivo de avaliar o atual status da implementação e conhecimento do sistema harmonizado no Brasil. A carência de profissionais capacitados e a falta de ações articuladas pelo governo foram identificadas como as maiores dificuldades do processo de implementação. Junto a isto, evidenciou-se também que as instituições de ensino não disseminam o conhecimento sobre o tema, resultando em um desconhecimento sobre o assunto por parte de maioria dos alunos. Uma limitação do estudo foi a reduzida abrangência da pesquisa realizada.
metadata.dc.description.abstractother: The Globally Harmonized System (GHS) was created to minimize disagreements between chemical hazard classifications around the world. The increase in the production and use of chemical products and the growing concern with the environment motivated the elaboration of a system that allowed the safe management of these products. The intent of the GHS was to increase protection for all target publics. Benefits include workers, industries and governments. The official GHS manual is the Purple Book, which was first published in 2003 and is revised every two years. In Brazil, ABNT NBR 14725 - "Chemicals - Safety, Health and Environmental Information" integrates the workforce for the GHS implementation. It describes the criteria for hazard classification and instructions for labeling and manufacturing of SDS’s according to the instructions of the Globally Harmonized System. The need for the inclusion of GHS in SDS’s and labeling of chemicals was determined by the ordinance n. º 229, of 2011, of NR 26 - Signaling and Security. This work intends to make a study about the GHS including the period before its creation until the implementation and to analyze how this process occurred in Brazil. We used qualitative questionnaires aimed to different target publics to evaluate the current status of implementation and knowledge of the harmonized system in Brazil. The lack of trained professionals and the lack of government-articulated actions were identified as the major difficulties in the implementation process. Along with this, it was also shown that educational institutions do not disseminate knowledge about the subject, resulting in a lack of knowledge about the subject by most students. One limitation of the study was the limited scope of the research.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6485
Appears in Collections:GGQ - Trabalhos de Conclusão de Curso - Bacharelado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mono_Fernanda Krajewski_GHS_versão FINAL_214029069.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons