Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6487
Title: Sódio e potássio: vilões da água mineral - Uma abordagem analítica e sua aplicação no ensino de química
Authors: Dionizio, Débora Gomes Baptista
metadata.dc.contributor.advisor: Marques, Flávia Ferreira de Carvalho
metadata.dc.contributor.members: Donagemma, Raquel Andrade
Carvalho, Renata Côrrea de
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Dionizio, Débora Gomes Baptista. Sódio e potássio: vilões da água mineral - Uma abordagem analítica e sua aplicação no ensino de química. 2016. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Química)-Instituto de Química, Universidade Federal Fluminense, 2016.
Abstract: Os minerais, como sódio e potássio, são importantes para o bom funcionamento de nosso organismo. No entanto, o excesso desses minerais causa doenças que prejudicam rins, coração e músculos. Portanto, pessoas que apresentam doenças como hipertensão arterial e insuficiência renal, devem ter uma dieta regrada, preocupando-se até mesmo com o consumo de água mineral. Neste contexto, esta monografia teve como objetivos (i) avaliar, por espectrometria de emissão atômica em chama, a qualidade de amostras de água mineral com relação às concentrações de sódio e potássio, e (ii) contextualizar os conceitos de emissão atômica no ensino de química em turmas de ensino médio de uma escola pública. A eficiência do método analítico utilizado foi verificada através dos cálculos dos parâmetros analíticos de mérito. Curvas analíticas com faixa linear de 0,2 a 2,0 mg L-1 (caracterizadas por R2 > 0,99), boa precisão (< 5,0%) e exatidão (recuperação em torno de 98%) foram alcançadas. A análise de amostras de água mineral evidenciou que algumas marcas apresentaram teores de íons Na+ e K+ muito acima do especificado no rótulo, o que deve ser visto com cuidado por pessoas que sofrem de hipertensão arterial e insuficiência renal. Em sala de aula, a realização de experimentos abordando modelo atômico e espectrometria atômica de emissão facilitou a compreensão dos alunos e diminuiu a distância entre o conhecimento adquirido na escola e o cotidiano, aumentando o interesse pelo estudo.
metadata.dc.description.abstractother: Minerals, such as sodium and potassium, are important for the proper functioning of our body. However, the excess of these minerals can cause diseases that damage the kidneys, heart and muscles. Therefore, people who suffer from hypertension and renal insufficiency must have a balanced diet, worrying even with the consumption of mineral water. In this context, this work aimed to (i) evaluate, through atomic emission spectrometry flame, the quality of mineral water samples with respect to sodium and potassium concentrations, and (ii) contextualize the atomic emission concepts in teaching chemistry in high school classes in a public school. The efficiency of the analytical method used was verified by the analytical parameters of merit. Linear analytical curves with the range from 0.2 to 2.0 mg L-1 (characterized by R2> 0.99), good precision (< 5.0%) and accuracy (recovery around 98%) were achieved. The analysis of mineral water samples showed that some brands had levels of ions Na+ and K+ far above the specified on the label, which should be viewed with caution by people suffering from hypertension and renal insufficiency. In the classroom, conducting experiments addressing atomic model and atomic emission spectrometry, facilitated the understanding of students and closed the gap between the knowledge acquired in school and everyday life, increasing interest in the study.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6487
Appears in Collections:QBACN - Trabalhos de Conclusão de Curso - Niterói

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Débora Dionizio.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons