Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6579
Title: As trevas nos trópicos: a mímesis dialética do romance Lapa
Other Titles: The darkness in the tropics: the dialectical mimesis of the novel Lapa
Authors: Guimarães, Luiz Jorge Soares
metadata.dc.contributor.advisor: Kempinska, Olga Donata Guerizoli
metadata.dc.contributor.members: Daflon, Claudete dos Santos
Tonani, Paulo Roberto
Fonseca, José Luís Jobim de Salles
Negreiros, Carmem Lucia
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Inspirado pela reformulação dialética da filosofia platônica metafísica, elaborada por Walter Benjamin em sua tese Origem do drama trágico alemão, este projeto busca estabelecer um estudo da mímesis do romance Lapa, de Luís Martins, na tentativa de encontrar pontos de convergência que proporcionem uma análise de maior amplitude do livro. Para que isso seja possível, parte-se de um estudo das zonas espaciais do romance, em seguida, e dialeticamente, da temporalidade no mundo e na obra, e, por, fim, de algumas personagens centrais do livro. Como o romance de Martins possui uma vasta carga de gêneros – poética do horror que se aproxima do expressionismo, crônica jornalística, romance de formação –, e o próprio autor, em sua nota absolutamente necessária, traça as pretensões que visa à sua narrativa, Lapa, e que, muitas vezes, parece ser um livro em aberto, com possibilidades múltiplas e diversas chaves de entrada. Com isso, a fundamentação teórica central para tal estudo é a tese benjaminiana, pois a análise da alegoria faz-se importante para a elucidação do caráter composicional do romance, tendo como ponto de partida o conceito de melancolia; a poética de Charles Baudelaire, pois sua obra influenciou todo o imaginário decadentista que aqui se torna relevante; o romance de formação do Jovem Törless, por ser uma referência moderna no gênero. O que se propõe, em suma, é demonstrar que uma obra que não compõe o altar da grande literatura brasileira, às vezes, tem mais a dizer do que se imagina. Para contextualizar o trabalho, teóricos e escritores relacionados às proposições declaradas conformarão o arcabouço analítico desta pesquisa
metadata.dc.description.abstractother: Informed by The Origin of German Tragic Drama, Walter Benjamin’s dialectical reformulation of Plato’s metaphysics, this paper is a study of mimesis in the novel Lapa, by Luís Martins. Within this perspective, spatial references in the book are analysed in their dialectical relation to the issue of temporality. A study of Lapa's characters follows. I also analyse the book’s problematic belonging to one specific literary genre, since its composition displays not only traits of journalistic chronicles, but also of formation novels and of the Decadent poetry’s fascination with ugliness. Moreover, the author's introductory note (Nota absolutamente necessária) complicates even further any clear-cut classification. Thus, referring to Benjamin's thesis on allegory proved to be one of the major keys to my analysis of the novel's composition, specially through concept of melancholy. Important references were likewise Charles Baudelaire's writings, which influenced the Decadentist mindset, and the formation novel The Young Törless, a modern example of its genre. Although Lapa barely partakes a place in the Brazilian Literature canon, its study proves to be extremely fruitful
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6579
Appears in Collections:POSLIT - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUIZ GUIMARÃES ME 2017 DISSERTAÇÃO (FINAL EM PDF).pdf802 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.