Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6586
Title: Democratização da mídia no Brasil: impasses e tensionamentos políticos e econômicos
Authors: Souza, Renata Brás de
metadata.dc.contributor.advisor: Schneider, Marco
metadata.dc.contributor.members: Cabral, Adílson
Mota, Ovídio
Issue Date: 2-May-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Souza, Renata Brás de. Democratização da mídia no Brasil: impasses e tensionamentos políticos e econômicos / Renata Brás de Souza. – 2017.
Abstract: Este trabalho apresenta um levantamento crítico sobre as tentativas de democratização do setor de comunicações a partir da I Conferência Nacional de Comunicação (CONFECOM), de iniciativa do Governo Federal com a participação de movimentos sociais e empresários do setor de mídia. Investiga-se como a mídia tradicional se comporta no tocante ao tema democratização da mídia e como a repentina mudança de governo acarretou retrocessos para um debate já complexo, porém de grande importância para a sociedade brasileira. O trabalho se estrutura a partir de vieses teóricos para compreender o papel preponderante da imprensa e mídia para a comunicação em uma sociedade de massas, a subordinação da mídia ao capital e suas possíveis consequências. Também são utilizados elementos históricos como as definições de liberdade de expressão e liberdade de imprensa, além do levantamento sobre a legislação acerca do tema. Esse estudo também pretende explorar inicialmente um diálogo entre a comunicação e a ciência da informação, especificamente no viés da competência crítica em informação. Através de pesquisa bibliográfica aliada a pesquisa documental, essa pesquisa leva em conta o momento sócio-político do país, entendendo que existe uma relação dialética entre a questão da democratização da mídia, a política, os interesses econômicos e o comportamento da população em relação aos mesmos.
metadata.dc.description.abstractother: This master thesis presents a critical survey of attempts to democratize the communications sector since the First National Conference of Communication (CONFECOM), an initiative of the Federal Government with the participation of social movements and media sector entrepreneurs. Here, we investigate how the traditional media behave on the issue of media democratization and how the sudden change of government has led to setbacks to a debate that is already complex but of great importance for Brazilian society. This work is structured from theoretical biases to understand the preponderant role of the press and media for communication in a mass society, the subordination of the media to capital and its possible consequences. Historical elements are also used such as the definitions of “freedom of speech” and “free press” as well as the survey on media’s legislation. This study also intends initially to explore a dialogue between communication and information science, specifically in the bias of critical information competence. Through a bibliographic research allied to documentary research, this research considers the socio-political moment of the country by understanding the dialectical relationship between the issue of democratization of the media and politics, economic interests and the behavior of the population in relation to themselves.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6586
Appears in Collections:PPGMC - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO FINAL Renata. PPGMC 2015.pdfdissertação Renata Brás1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.