Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6664
Title: Um estudo sobre as lógicas de consumo na feira de alimentos orgânicos do campo São Bento, Icaraí, Niterói, RJ
Authors: Brisolla, Isadora
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Valter Lúcio de
metadata.dc.contributor.members: Teló, Fabrício
Leme, Alessandro Andre
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Na década de 70 a agricultura orgânica passou a ganhar maior destaque no estado do Rio de Janeiro, com a visão de vida alternativa elaborada por moradores da Região Serrana, mostrando a insatisfação com o grau de contaminação dos alimentos. Passadas mais de quatro décadas, a produção e o consumo de alimentos orgânicos se fortaleceram e se ampliou significativamente o acesso a tais produtos. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa foi analisar a lógica que estrutura a decisão de comprar produtos orgânicos na Feira Orgânica do Campo São Bentoe evidenciar a relação de confiabilidade entre produtores/vendedores e consumidores. Além de traçar o perfil dos entrevistados e os dividir em grupos. O estudo foi realizado por meio da aplicação de cinquenta (50) questionários junto aos consumidores da citada Feira. Os resultados da pesquisa apontam que a maior parte dos consumidores de orgânicos na feira do Campo de São Bento possuem acima de 55 anos, são do sexo feminino, moradores do bairro em que se localiza a feira, com nível de escolaridade elevado, e alguns problemas de saúde relacionados a própria idade. A feira, neste caso, constitui uma alternativa de alimentação saudável, livre agrotóxicos e de transgênicos. É também um ambiente propício ao estabelecimento de relações mais próximas entre os consumidores e agricultores, estimulando a economia regional e não prejudicando nem o meio ambiente nem aqueles que optam por se alimentar de produtos não processados/industrializados.
metadata.dc.description.abstractother: In the 70's, organic agriculture arrived in the state of Rio de Janeiro, with the alternative life view elaborated by mountain dwellers, showing dissatisfaction with the degree of food contamination. The objective of the research is to verify the logic that structures the decision to buy organic products in a fair, and to highlight the relationship of reliability between producers / sellers and consumers. In addition to profiling respondents and dividing them into groups. The study was conducted through structured conversations with buyers of the São Bento Field Organic Fair. Fifty interviews were conducted among consumers. The results of the research indicate that the majority of organic consumers at the Campo de São Bento fair are over 55 years of age, female residents of the studied neighborhood, with a high educational level, and some health problems related to their own age. Fairs have emerged as an alternative form of transgenic food free in the current sphere. It is a way of creating closer and healthier relations between consumers and farmers, stimulating the regional economy and not harming the environment nor those who choose to feed on raw / industrialized products.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6664
Appears in Collections:GSC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ISADORA TCC VERSAO FINAL.pdf4.54 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons