Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6781
Title: Os desafios contemporâneos e a produção da psicologia no sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes: trocando as lentes e as perguntas
Authors: Souza, Fernanda Aline de
metadata.dc.contributor.advisor: Soares, Alexandre Barbara
metadata.dc.contributor.members: Bulcão, Irene
Matsumoto, Adriana Eiko
Issue Date: Dec-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O trabalho procura discutir aspectos teóricos e práticos relativos à inserção da psicologia nas políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência, especificamente no campo do Sistema de Garantia de Direitos atualmente. Para isso, a proposta desenvolvida foi a de refletir sobre a produção da psicologia no Brasil através de um breve panorama sócio-histórico, e também de produzir reflexões sobre a produção de infâncias estabelecidas através da construção deste saber. Devemos considerar que desde a regulamentação da psicologia a sociedade brasileira vem se transformando e apresenta atualmente desafios, referentes ao contexto político e histórico atual, a judicialização da vida e suas consequências, o desmonte de políticas públicas, em uma realidade complexa marcada por políticas de cunho neoliberal e a consequente desigualdade social própria desse modelo de poder. Nesse contexto, as estratégias de controle e biopoder tomaram contornos cada vez mais delineados no interior das famílias pobres brasileiras e estratégias de saúde e de assistência social passaram a analisar e acompanhar diferentes formas de existir consideradas como desviantes. Nesse sentido, as práticas psi, ao constituírem uma infância tida como normal, produziram e ainda produzem uma verdade sobre determinados modos de viver a infância e de cuida-la. Os desafios permanecem na agenda atual de diversos psicólogas (os) atuantes do Sistema de Garantia de Direitos de crianças e adolescentes e após vinte e sete anos da implementação do ECA alguns desafios se colocam, principalmente para os profissionais que buscam construir estratégias de cuidado desassociadas de práticas subjetivantes e normalizadoras. A partir do relato de experiência de estágio extracurricular no Departamento de Psicologia e Assistência Social (DASP) do Ministério Público do município de Volta Redonda - RJ, este trabalho tem como objetivo analisar as práticas de psicólogas (os) inseridas no Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes no município de Volta Redonda, buscando problematizar a relação entre a construção do dever-fazer da psicologia e o campo de atuação transdisciplinar e multiprofissional. Além disso, buscamos utilizar registros em diário de campo como coleta de dados a partir da experiência vivenciada e apresentar um relato de caso, buscando explicitar tanto a diversidade de questões analisadas no desenvolvimento deste trabalho, quanto balizar a minha implicação nesta investigação, dando visibilidade aos conflitos e questões que a experiência de ensino-serviço-comunidade em um equipamento público suscitou.
metadata.dc.description.abstractother: The purpose of this work is discuss theoretical and practical aspects related to the insertion of the psychology in public policies regarding to childhood and youth, in particular in the field of Sistema de Garantia de Direitos de crianças e Adolescentes at present moment. To do that, the proposal was to think about the production of psychology in Brazil through a short social-historical overview, also to reflect about production of childhood established through the construction of this knowledge. We should consider that since psychology regulation, the brazilian society has been changing and presents current challenges, regarding to current political and historical context, the judicialization of life and its consequences, the dismantle of public policies, in a complex reality marked by neoliberal policies and the resulting social inequality, typical of this type of power. In this context, the strategies of control and biopower have taken increasingly contour lines inside poor Brazilian families, health and welfare strategies started to analyze and track different ways of existing considered as deviant. For that matter, the psycho practices, when constitutes an infancy as normal, they have produced and still produces a truth about a few ways of living the childhood and how to take care of them. The challenges remains in present agenda of several psychologists that work with Sistema de Garantia de Direitos de crianças e adolescentes, and after 27 years of ECA was implemented some chalenges arises, mainly for professionals that seek to build care strategies not associated with subjective and normalizing practices. From the extracurricular internship experience at Departamento de Psicologia e Assistência Social (DASP) of Ministério Público at Volta Redonda city – RJ, this work has the object of analyze the practices of the psychologists that are inserted at Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes at Volta Redonda city, chasing to problematize the relation between the psychology to do construction and the transdisciplinary and multiprofessional performance field. Besides that, we seek to use registers on field journal as data gathering from experiences and present a case study, with the objective of exhibit the diversity of issues analyzed during the development of this study, and mark my involvement in this investigation, giving visibility to the conflicts and issues that that the teaching-service-community experience in one public equipment generated.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6781
Appears in Collections:VGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC E ATA FERNANDA SOUZA.pdf666.03 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons