Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6871
Title: Pentecostalismo e a Periferia. Aspectos da relação entre a religiosidade pentecostal e o contexto de pobreza da periferia
Authors: Candido, Mateus Pinto
metadata.dc.contributor.advisor: Teixeira, Carlos Sávio
metadata.dc.contributor.members: Torres Jr, Roberto Dutra
Arenari, Brand
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O presente trabalho tem por objetivo refletir sobre a presença da religião na sociedade. Tem por objeto a relação entre religião e estrato social, sendo focado no contexto em que a religião protestante pentecostal se instala nas regiões pobres da periferia. O intuito principal deste texto é propor uma abordagem que leve em consideração o papel do individuo na ação religiosa e não somente tê-lo como passivo e subordinado dentro da religião. O desenvolvimento dos capítulos procura demonstrar alguns aspectos sobre os quais o aparato religioso pentecostal é construído dentro do meio social mais pobre. Sendo eles, a fragilidade e a desestabilização da vida social na periferia, a versatilidade do discurso e a perspectiva do carisma nesta construção ,e a carência pela formação de uma identidade, suprida pela conversão ao pentecostalismo. Desenvolvendo o trabalho, sempre levando em consideração as motivações e interesses das populações da periferia.
metadata.dc.description.abstractother: The present work aims to reflect on the presence of religion in society. It aims at the relationship between religion and social stratum, focusing on the context in which the Protestant Pentecostal religion settles in the poor regions of the periphery. The main purpose of this text is to propose an approach that takes into account the role of the individual in religious action and not only to have it as passive and subordinate within the religion. The development of the chapters tries to demonstrate some aspects on which the Pentecostal religious apparatus is constructed within the poorer social environment. They are the fragility and destabilization of social life in the periphery, the versatility of the discourse and the perspective of the charism in this construction, and the lack of the formation of an identity, provided by the conversion to Pentecostalism. Developing the work, always taking into account the motivations and interests of the populations of the periphery.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6871
Appears in Collections:GGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia-Mateus (2).pdf341.25 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons