Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6901
Title: Aplicação de múltiplos marcadores orgânicos para quantificar o carbono orgânico sedimentado em lagos de várzea da Bacia Amazônica Cemtral
Authors: Lima Sobrinho, Rodrigo
metadata.dc.contributor.advisor: Bernardes, Marcelo Correa
metadata.dc.contributor.members: Santos, Elisamara Sabadini
Rezende, Carlos Eduardo de
Knoppers, Bastiaan Adriaan
Abril, Gwenael
Issue Date: 2013
Abstract: O presente trabalho propõe quantificar e qualificar o carbono orgânico (CO) sedimentado em cinco lagos de várzea da bacia amazônica central em quatro estações hidrológicas: estiagem, chuvas, cheia e vazante entre os anos de 2009 e 2011. Para tal, utilizamos os fenóis de lignina e os Glicerol Dialquil Glicerol Tetraéteres (GDGTs) como marcadores orgânicos para identificar as fontes de CO para o sedimento superficial de lagos de várzea. Além disso, quantificamos a composição elementar de carbono e nitrogênio total, assim como, a composição isotópica de 13C. Os resultados mostraram que os valores de carbono orgânico total (COT) estocados nos sedimentos superficiais nas quatro estações hidrológicas são em média 25±8 mg g-1 e são principalmente de origem terrestre (índice BIT=0,83±0,1; n=55). Os lagos à montante possuem maiores concentrações de COT em comparação aos lagos à jusante. Esta mesma tendência é observada nos valores de CO2 medidos na coluna d’água. Isto sugere que a principal fonte de CO2 emitido pelos lagos de várzea tem origem no sedimento. As concentrações de lignina ( 8) e de brGDGT, ambos de origem terrestre, têm correlação positiva entre si (r2=0,56; p<0,001; n=53). Suas concentrações nos sedimentos foram maiores nos lagos à montante durante a estação hidrológica de chuvas e nos lagos à jusante durante a estação de vazante. Isto indica que a lixiviação dos solos durante as estações de chuva e vazante são a principal fonte de CO alóctone para os sedimentos. Os valores da concentração de CL crenarchaeol, de 13C e da razão C:V aumentam nos lagos à jusante nas quatro estações hidrológicas. Esta comparação mostrou que, apesar de a principal fonte de CO sedimentado ser alóctone, há maior contribuição de material autóctone nos lagos à jusante
metadata.dc.description.abstractother: The aim of this work is to quantify and to qualify de sedimentary organic carbon (OC) in five varzea lakes of the central amazon basin during four hidrological seasons: low waters, rising waters, high waters and falling waters. To reach our proposal, we applied the lignin phenols and the Glicerol Dialkyl Glicerol Tetraethers (GDGTs) as organic markers to trace sources of OC in superficial sediments of varzea lakes. As complementary information, we also analyzed bulk parameters (C:N ratio) and the stable isotope 13C. The results showed that the amount of total organic carbon (TOC) trapped in the shallow sediments is 25±8 mg g-1 during the four hidrological seasons and its origin is manly terrestrial (BIT index=0.83±0.1; n=55). Significant differences in sedimentary OC are observed between upstream and downstream lakes. The same trend is observed in CO2 from the water column. This suggests that the main source of CO2 in varzea lakes is the sedimentary OC. The concentrations of 8 and brGDGTs showed positive correlation (r2=0,56; p<0,001; n=53). Their concentrations were higher in upstream lakes in the raining season and higher in the downstream lakes in the falling season. This indicates that soil runoff in these two hidrological seasons is the main source of allochthonous sedimentary CO. concentrations of crenarchaeol, 13C and C:V ratios are higher in downstream lakes. These trends showed that the contribution of autochthonous CO increases downstream. Keywords: Lignin
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6901
Appears in Collections:PPG-GEO - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Rodrigo Sobrinho Mai_2013.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons