Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6903
Title: Ética e educação: uma visão social
Authors: Silva, Bruna Regina Simplício da
metadata.dc.contributor.advisor: Gomes, Jacqueline de Sousa
Issue Date: 2017
Abstract: Compreendendo a educação como prática social, este trabalho discute a relação entre ética e educação a partir de uma análise sobre a educação formal praticada na instituição escolar. Este tema é fruto de uma inquietação pessoal para compreender como se dá o processo de agregação de valores pelos educandos em sala de aula. Será necessariamente que o docente use de sua visão de mundo para influenciar a formação dos valores dos educandos? Se um docente acha que um aluno roubou a prova de outro, ele tem mesmo “autoridade moral” para conferir nota zero para o referido aluno? Com base em que fundamentos? Ou seja, podemos inferir a existência de neutralidade neste processo ou será que o docente não age de maneira neutra, sendo influenciado por seus próprios valores para estabelecer ações como estas? Para tanto, estruturamos este trabalho a partir das seguintes hipóteses: a) O sentido de educar é construído socialmente; b) A construção social do sentido de educar exige dos professores um comprometimento com valores que são sociais e não meramente reflexo de suas próprias visões de mundo; c) Os valores sociais a serem incorporados por este sentido de educar como prática social são aqueles direcionados para a formação cidadã dos educandos. Os pontos um e dois são discutidos no primeiro capítulo enquanto o ponto três é discutido no segundo capítulo. Concluímos percebendo que, ao ensinar certos conteúdos, o docente também promove uma formação ética, ou seja, a seleção de conteúdos não é desprovida de subjetividade. Ainda que o docente não escolha os conteúdos da disciplina, ao fazer a seleção do material a ser trabalhado em sala de aula, o faz consoante sua própria visão de mundo. Portanto, o estudo dos valores por parte dos próprios docentes torna-se crucial para a formação dos discentes. E não apenas isso, a prática social influencia na prática educativa, ao promover certos valores em detrimento de outros em sala de aula. Defendemos, pois, que a educação para a ética, portanto, está integrada às disciplinas no ensino dos conteúdos.
metadata.dc.description.abstractother: Understanding education as a social practice, this work seeks to discuss the relationship between ethics and education based on an analysis of the formal education practiced in the school institution. This theme is the result of a personal concern to understand how the process of value-adding by the students in the classroom occurs. Is it necessarily that the teacher uses his or her world view to influence the formation of the values of the learners? If a teacher thinks one student stole a test from the other, does he have the moral authority to give the student a zero grade? Based on what grounds? That is, can we infer the existence of neutrality in this process or does the teacher not act in a neutral way, being influenced by his own values to establish actions like these? Therefore, we structure this work from the following statements: a) The sense of educating is socially constructed; B) The social construction of the sense of educating requires of teachers a commitment to values that are social and not merely a reflection of their own worldviews; C) The social values to be incorporated by this sense of educating as social practice, are those directed to the citizens' formation of the students. Points one and two are discussed in the first chapter while point three is discussed in the second chapter. We conclude by perceiving that, in teaching certain contents, the teacher also promotes an ethical formation, that is, the selection of contents is not devoid of subjectivity. Although the teacher does not choose the contents of the discipline, in making the selection of the material to be worked in the classroom, it does so according to his own worldview. Therefore, the study of values by the teachers themselves becomes crucial for the formation of the students. And not only that, social practice influences educational practice by promoting certain values to the detriment of others in the classroom. We argue that education for ethics, therefore, is integrated into the disciplines in the teaching of content.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6903
Appears in Collections:PCP - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Bruna_Regina.pdf581.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.