Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6917
Title: A negligência infantil na perspectiva da psicanálise winnicottiana
Authors: Oliveira, Fernanda de Sá
metadata.dc.contributor.advisor: Pinto Junior, Antonio Augusto
metadata.dc.contributor.members: Alves, Priscila Pires
Lima, Claudia Henschel de
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: A Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes (VDCA) nos dias atuais é considerada um problema não só social, mas também de saúde pública e se manifesta por diferentes modalidades. Essa monografia trata de uma das formas de VDCA, ou seja, a negligência infantil, entendida como omissão dos cuidados dos pais ou responsáveis perante as necessidades apresentadas pela criança. Nesse trabalho são apresentadas as características bem como suas consequências para o desenvolvimento infantil. Para o entendimento desse fenômeno utilizou-se a teoria psicanalítica de Winnicott, mais precisamente a sua teoria do desenvolvimento emocional primitivo, que considera que todo ser humano tem a tendência inata a se desenvolver, mas precisa de um ambiente facilitador e suficientemente bom para que isso aconteça de forma saudável. Com o objetivo de contribuir na área da intervenção clínico-institucional de crianças negligenciadas discute-se o lugar e a função da relação analítica e também das instituições de acolhimento como instrumentos que podem fornecer a esses indivíduos a possibilidade de retomada ao processo de desenvolvimento.
metadata.dc.description.abstractother: Domestic Violence against Children and Adolescents (DVCA) nowadays is considered a problem not only social but also public health and is manifested by different modalities. This monograph deals with one of the forms of violence, that is, child neglect, understood as an omission of the care of parents or guardians against the needs presented by the child. In this work, the characteristics and their consequences for child development are presented. Winnicott's theory of psychoanalysis, more precisely his theory of primitive emotional development, was used to understand this phenomenon, which considers that every human being has the innate tendency to develop, but needs a facilitating and good enough environment for this Happen in a healthy way. With the aim of contributing to the area of clinical and institutional intervention of neglected children, the place and function of the analytical relationship and also of the host institutions are discussed as instruments that can provide these individuals with the possibility of resuming the development process.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/6917
Appears in Collections:VGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda Sá Oliveira - ATA.pdf890.92 kBAdobe PDFView/Open
Fernanda Sá Oliveira - TCC.pdf494.02 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons