Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7045
Title: Construções correlativas consecutivas sob perspectiva funcional
Authors: Nascimento, Marianna Correa Siqueira do
metadata.dc.contributor.advisor: Rosário, Ivo da Costa do
metadata.dc.contributor.members: Marques, Priscilla Mouta
Teixeira, Ana Cláudia Machado
Arena, Ana Beatriz
Lopes, Monclar Guimarães
Issue Date: 17-Jul-2017
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: Esta pesquisa objetiva investigar os padrões microconstrucionais da construção correlativa consecutiva, sob a perspectiva da Linguística Funcional Centrada no Uso (LFCU). Partimos do pressuposto de que nosso objeto de estudo se organiza por meio da correlação (cf. Oiticica, 1952; Rosário, 2012), como processo distinto da coordenação e da subordinação. Os pressupostos teóricos que balizam esse estudo partem do princípio de que a língua é resultado do uso, e a sua compreensão se dá de forma online, na situação comunicativa que envolve os usuários. Diante desse contexto, nossa pesquisa investiga os usos e os ambientes em que estão inseridas as construções correlativas consecutivas. O corpus utilizado para a pesquisa é formado por textos da seção Carta ao Leitor, do acervo digital da Revista Veja Online (encontrado no link http://www.veja.abril.com.br). Analisamos o comportamento morfossintático e funcional dessas construções dentro do quadro da correlação, observando, ainda, os valores sintáticos e semânticos de cada type correlativo encontrado. Nossa pesquisa investiga também a sobreposição de valores semânticos nas construções correlativas consecutivas analisadas e os fatores que motivam esse fenômeno. Adotamos o termo construção para nos referir ao nosso objeto de análise, por aderirmos à proposta atual da Gramática de Construções, nos moldes de Croft (2001) e com Traugott (2008a), definindo-a como unidade básica da língua. Dentre os padrões postulados para a construção em análise, destacamos o Padrão 1 por sua prototipicidade e iconicidade e por apresentar maior frequência, correspondendo a 65.07% do total de dados de nosso corpus. O Padrão 2 destaca-se por recrutar complexos itens para a sua configuração e tem a intersubjetivação, elaboração e argumentação como características salientes e representa 15.87% do total de dados. O Padrão 3 tem como característica menor grau de prototipicidade e representa 17.46% do total de dados. O Padrão 4 destaca-se por menor grau de prototipicidade e frequência em relação aos demais, representando 1.58% do total de dados. Os resultados principais apontam para elevado grau de esquematicidade, intersubjetividade e prototipicidade da construção correlativa consecutiva.
metadata.dc.description.abstractother: This research aims to investigate the microconstructional patterns of correlative consecutive constructions from the perspective of the Usage-based Linguistics, tied to cognitive contributions of Construcion Grammar studies. We assume that our object is organized under the Correlation theory (cf. Oiticica, 1952; Rosário, 2012), as a different process of coordination and subordination. The theoretical assumptions that guide this research understand the language as result from usage and its understanding happens in an online manner, in the interative situation that involves the users. In this context, our research investigate the uses and the places where the correlative consecutive constructions are inserted. The corpus is formed by texts from Letters to Readers section, in Veja Online Magazine. We intend to analyze the morphosyntatic and functional behaviors of these constructions in the framework of correlation, watching the syntatic and semantic values from each correlative type found. Our research also extends to the investigation of semantic values overlaping of these constructions and what motivates this phenomenon. We have adopted the construction term to refer to our object of analysis, by joining the current proposal of Construction Grammar, along the lines of Croft (2001) and, based on Traugott (2008a), we define construction as the basic unit of the language. Among the patterns that we found for our construction, we highlight the Pattern 1 for its prototypes, icons and for representing high degree of frequency, corresponding to 65.07% of the total data. The Pattern 2 stands out for recruit complexs items for its configuration and has intersubjectivity, elaboration and argumentation as the central characters, representing 15.87% of the total data. The Pattern 3 its featured by its low degree in its prototypes and frequency, representing 17.46% of the total data. The Pattern 4 stands out for low degree of its prototypes and frequency, corresponding to 1.58% of the total data. The main results point for a high degree of schemas, prototypes and intersubjectivity of our consecutive correlative construction
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7045
Appears in Collections:POSLING - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Construções correlativas consecutivas sob perspectiva funcional. Niterói 2017.doc684 kBMicrosoft WordView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.