Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7126
Title: Da admissão a formação permanente do enfermeiro na terapia intensiva: conhecimento, reflexão e prática
Other Titles: From the admission to the permanent formation of the intensive therapy: knowledge, reflection and practice
Authors: Oliveira, Patrícia Veras Neves de
metadata.dc.contributor.advisor: Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
metadata.dc.contributor.members: Carvalho, Renato Silva de
Camacho, Alessandra Conceição Leite Funchal
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Oliveira, Patrícia Veras Neves de. Da admissão a formação permanente do enfermeiro na terapia intensiva: conhecimento, reflexão e prática. 2016. 161 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Niterói, 2016
Abstract: A formação permanente é um movimento intrínseco que revela uma prática reflexiva. Diante da admissão do enfermeiro numa Terapia Intensiva (TI) tendo ou não experiência, há o dilema da necessidade do agir iminente do enfermeiro e suas bases de formação para tal competência. A formação do enfermeiro deve transpor o aprendizado adquirido na graduação, uma vez que as concepções generalistas e as abordagens crítico-reflexivas, ainda não conseguiram suprir as dimensões do campo profissional. Esse estudo tem como objeto de pesquisa a formação permanente do enfermeiro na Terapia Intensiva. Os objetivos delimitados foram: descrever como foi a admissão do enfermeiro na Terapia Intensiva; identificar os aspectos que influenciam na formação permanente do enfermeiro no contexto de sua admissão e pósadmissão na Terapia Intensiva; e analisar a formação permanente do enfermeiro no contexto da sua admissão e pós-admissão na Terapia Intensiva. Estudo com abordagem qualitativa, descritiva tipo estudo de caso, cujo referencial teórico foi apoiado em Donald Shön (2000), com contribuições dos pensamentos de Patrícia Benner (2001). O cenário do estudo foi um Centro de Terapia Intensiva Adulto de um hospital universitário localizado no município do Rio de Janeiro. Os participantes da pesquisa foram 20 enfermeiros que trabalham nesse CTI. A coleta de dados foi através da entrevista semiestruturada e a análise de dados foi realizada em dois momentos, sendo o primeiro uma análise quantitativa do perfil desses enfermeiros, e em um segundo momento uma análise de conteúdo temática e apreciação das categorias através do Ciclo da Reflexividade. Dos resultados: a média de idade dos enfermeiros foi de 39,4 anos, houve um incremento de (8) 40% na formação lato e stricto sensu; sendo 4 (20%) dos enfermeiros ainda sem especialização e 13 (65%) sem formação stricto sensu; considerando que o tempo de atuação dos enfermeiros na referida unidade é predominantemente com média de 9,6 anos. As categorias levantadas foram: “O enfermeiro rumo ao aprendizado crítico reflexivo”; “Entendendo a performance do outro”; e “Desenvolvendo o talento artístico profissional no gerenciamento da enfermagem”. Considerações Finais: Há o domínio da formação lato sensu reflexo de uma formação voltada para a prática, porém já é possível observar a presença de mestres profissionais e doutorandos. O enfermeiro reflete no seu conhecimento e experiência ao ingressar na TI; busca o colega para desenvolver-se; e frente às adversidades do cotidiano e da liderança mobiliza-se para sua formação permanente
metadata.dc.description.abstractother: Ongoing formation is an intrinsic movement that reveals a reflexive practice. Given the admission of nurses in Intensive Care (IC), with or without experience, there is the dilemma of the nurse's impending need to act and their training bases for such competences. Nursing education must go beyond the knowledge acquired in graduation, since the general concepts and the critical-reflexive approaches have, so far, failed to meet the dimensions of the professional field. The objective of this study is analyzing the ongoing training of nurses in intensive care. The delimited objectives were: describing the admission of nurses in intensive care; identifying aspects that influence the ongoing education of nurses in the context of admission and post-admission to the Intensive Care; and analyzing the ongoing education of nurses in the context of admission and post-admission to the Intensive Care. Qualitative study, descriptive case study, whose theoretical framework was supported by Donald Shön (2000), with contributions from Patricia Benner's thoughts (2001). The study setting was the Adult Intensive Care Unit of a university hospital in the city of Rio de Janeiro. The participants were 20 nurses working in the ICU. Data collection was made through semistructured interviews and data analysis was performed in two stages: the first was a quantitative analysis of the profile of these nurses, the second one was a contents analysis and assessment of the categories through Reflectivity Cycle. The results: average age of nurses was 39.4 years old, there was an increase of (8) 40% in the lato and strict sensu training; where 4 (20%) of the nurses were still unskilled and 13 (65%) without strictu sensu training; considering that the average time of work of nurses in this unit is around 9.6 years. The categories raised were: "The nurse towards the reflective critical learning"; "Understanding another person's performance"; and "Developing the professional artistry in the management of nursing." Final Thoughts: There is the domain of latu sensu formation as a result of a training that is focused on practice, but it is now possible to observe the presence of professional and doctoral masters. The nurse reflects about his knowledge and experience when he joins the IC; looks for his colleagues in order to improve; and when he faces the adversities of everyday life and leadership, he finds the motivation to invest in his ongoing education
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7126
Appears in Collections:PACCS - Teses e Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patricia Veras Neves de Oliveira.pdf3.56 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons