Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7133
Title: A percepção dos graduandos de Enfermagem sobre as competências didático-pedagógicas dos docentes: nexos com a formação permanente
Authors: Brandão, Juliana de Lima
metadata.dc.contributor.advisor: Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
metadata.dc.contributor.members: Valente, Geilsa Soraia Cavalcanti
Cortez, Elaine Antunes
Cosme, Fabiana Marins Nazareno
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Brandão, Juliana de Lima. A percepção dos graduandos de Enfermagem sobre as competências didático-pedagógicas dos docentes: nexos com a formação permanente. 2013. 92 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: Este trabalho apresenta a percepção dos acadêmicos de enfermagem da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa – EEAAC, da Universidade Federal Fluminense – UFF, a respeito das competências didático-pedagógicas dos enfermeiros professores, bem como os nexos com a sua formação permanente. Levando-se em consideração o papel do professor enquanto orientador do processo ensino-aprendizagem e a participação ativa do aluno, pergunta-se se realmente a formação permanente do enfermeiro professor possui relação com a sua prática docente. Para tanto, objetiva-se analisar a prática docente do enfermeiro professor na graduação em enfermagem, sob a ótica dos acadêmicos; identificar as competências didático-pedagógicas do enfermeiro professor, de acordo com a percepção dos acadêmicos de enfermagem; e verificar se existe relação entre a formação permanente do enfermeiro professor com a sua prática, tendo em vista as competências didático-pedagógicas elencadas pelos graduandos. Com isso, agrega-se à realidade da educação em Enfermagem, a necessidade de se avaliar constantemente a sua prática docente, com vistas à formação de egressos cada vez mais capacitados para as práticas educativas, assistenciais e a atividade docente, uma vez que o enfermeiro é reconhecido como potencial educador. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, de abordagem qualitativa, método estudo de caso, realizado através de entrevista de roteiro estruturado, com cinco perguntas abertas, em que o cenário foi a EEAAC/UFF, os sujeitos, acadêmicos de enfermagem, respeitando os critérios de inclusão e exclusão. O tratamento e a interpretação dos dados foram pela análise temática de conteúdo. A pesquisa atendeu às questões éticas pautadas na Resolução nº 196/96 do Conselho Nacional de Saúde, sendo avaliada pelo Comitê de Ética e Pesquisa, com Parecer de Aprovação nº 251.578. A coleta dos dados ocorreu no período de dezembro de 2012 a fevereiro de 2013, na EEAAC-UFF, com acadêmicos de enfermagem de quinto ao nono períodos, em uma amostra aleatória de vinte acadêmicos. De maneira geral, a visão dos alunos sobre prática pedagógica elenca o papel do enfermeiro professor nos diversos ambientes de ensino teórico e prático; a questão das competências, ao mencionarem habilidades e estratégias; o próprio processo de ensino-aprendizagem, ao abordarem o aluno enquanto cidadão ativo na sua formação ou apenas “esponjas” de conhecimento; a importância da mobilização dos saberes dos professores, aliados à sua prática assistencial; a contribuição dos alunos, para uma transmissão efetiva do conhecimento delineado como meta; e a relação da formação permanente para uma prática docente efetiva, baseada em competências. Assim, foram evidenciadas três situações: a prática docente de alguns professores ainda se dá de maneira mecânica, entretanto com algumas assertivas que conduzem à prática libertadora e inovadora; o enfermeiro professor desenvolve competências para ensinar em Enfermagem através da reflexão sobre a sua prática pedagógica; e há relação direta entre formação permanente e prática docente, por constituir o professor sempre um “novo professor” ao buscar atualização, acompanhar as transformações da sociedade e transformar-se junto, no sentido de fazer parte dela.
metadata.dc.description.abstractother: This text presents the insight of the nursing academicians of the Aurora de Afonso Costa Nursing School – EEAAC, from Universidade Federal Fluminense – UFF, about the didactic and pedagogical skills of the nursing teaching staff, as well as the connections with their ongoing formation. Considering the function of the advisor professor in the teaching-learning process and the actively academic’s participation in it, it is asked if the ongoing formation of the nurse-professor is concerned with its teaching practice. For this purpose, it will be analyzed the teaching practice of the nurse-professor in nursing graduation, according to the academician’s insight; it will be identified the nurse-professor’s didactic and pedagogical skills, according to the academician’s insight too; and it will be verified if there is a relation between the nurse-professor’s ongoing formation and its practice, have in mind the didactic and pedagogical skills, listed by the academicians. Thus, it will be associated to the education in Nursing, the necessity of its teaching practice has to be constantly evaluated, aiming the professional training for the educational and care practical and the teaching activity, as nurses are considered as potential educators. This is an exploratory and descriptive study, with qualitative approach, by the method: case study, performed through structured script interviews, that contains five open questions, whose the background was the EEAAC/UFF, and the research subjects were nursing academicians. The inclusion and exclusion criteria were met. The treatment and the interpretation of the dates was through the thematic analysis of the content. The research complies with the ethical questions premised in the Resolution nº 196/96 from the Brazilian National Health Council, it was judged by the Research and Ethics Committee, with the approval nº 251.578. The data collection occurred during december 2012 until february 2013, at EEAAC-UFF, with a random sample of 20 academicians, from fifth until ninth period of Nursing Graduation. All in all, the students insight about the teaching practice mentions: the function of nurse-professor in various learning environments, theoretical as well as practical; the competencies issues when they mention skills and strategies; the own teaching-learning process, when the students are approached as active citizen in its formation or only “sponges” of the knowledge; the importance of the professors knowledge’s mobilization, allied with care practical; the students contribution to the effective transmission of the knowledge defined as an objective; and the relation of an ongoing formation to the effective teaching practice, based on competencies. Thereby, three situations are identified: the teaching practice of some professors is still transmitted in a mechanic way, however with some assertions that guide them to a liberating and innovative practice; the nurse-professor develops competencies to teach in Nursing Graduation, through the reflection on its pedagogical practice; and there is a direct relation between the ongoing formation and teaching practice, because this relation always converts the professor in a “new professor”, when he/she seeks for updates, keeps pace with society changes and convert themselves with these changes, in order to be part of the society.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7133
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Juliana de Lima Brandao.pdf3.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.