Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7134
Title: Identificando vínculos nas redes de atenção à saúde mental sob a óptica do usuário do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas no município de Niterói-RJ
Authors: Angelo, Laís Macedo
metadata.dc.contributor.advisor: Cortez, Elaine Antunez
metadata.dc.contributor.advisorco: Souza, Ândrea Cardoso de
metadata.dc.contributor.members: Cortez, Elaine Antunez
Abraão, Ana Lúcia
Bastos, Maria Alice
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Angelo, Laís Macedo. Identificando vínculos nas redes de atenção à saúde mental sob a óptica do usuário do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas no município de Niterói-RJ. 2013. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: O campo da saúde mental vem sendo pioneiro na discussão e utilização do conceito de redes nas políticas públicas de saúde mental, na gestão e planejamento, na intersetorialidade e na organização dos serviços de saúde mental e suas práticas. No entanto, essa construção de redes é trabalhada no intuito de sugerir a potencialização da vida e das relações humanas constituindo vínculos afetivos e de tecnologias relacionais que permitirão a produção de redes de cuidado em saúde. A palavra vínculo geralmente quando utilizada é no sentido de ligação afetiva entre dois sujeitos. Há vínculo quando há aceitação do outro como legítimo outro na convivência, quando há emoção, reflexão, vontade de interação e respeito pela autonomia de cada um dos envolvidos. Esta pesquisa toma como foco mapear e analisar os vínculos construídos na percepção do usuário do CAPS Ad Alameda de Niterói e tem como objetivos específicos identificar os pontos de cuidado do usuário de saúde mental do CAPS Ad Alameda nos serviços de saúde e conhecer os vínculos construídos em sua concepção pelo usuário de saúde mental do CAPS Ad Alameda nos serviços de saúde. Trata-se de uma pesquisa do tipo estudo de caso com abordagem qualitativa utilizando como ferramenta de análise o itinerário terapêutico pontuando vínculos dos serviços de saúde. Como instrumentos de investigação foram empregados: um roteiro de observação estruturado para coleta no prontuário, a técnica de observação participante no acompanhamento do paciente, utilização de um diário de campo e uma entrevista não estruturada. Após a coleta de dados, os mesmos foram expostos à análise e agrupados em 3 tópicos. No tópico denominado Aproximações e vínculos de U durante seu acompanhamento no CAPS Ad observamos todo o percurso do usuário pela rede de saúde buscando seus vínculos construídos neste processo; no próximo tópico denominado, Análise de Vínculos, utilizando a Concepção do Usuário do CAPS Ad avaliamos o discurso do sujeito em paralelo a percepção de vínculos trazida pelos autores em que procuramos entender como se produzem a constituição dessas relações para o paciente; no tópico Itinerário Terapêutico, mapeamento dos Pontos de Cuidados delimitamos os serviços utilizados pelo usuário. Os resultados deste processo de cuidado em saúde que advém da produção de vínculos pelo sujeito ocorrem ao longo do tratamento, buscando novas produções de relação e compreendendo as diferentes maneiras com que este sujeito constitui seus vínculos na vida. Identificamos suas conexões com os serviços de saúde e de que modo estes sucedem modificando sua dinâmica do cuidar. Concluímos que para trabalhar o processo de cuidar em saúde mental álcool e outras drogas precisamos estar bem afinados com determinados conceitos como o abordado nesta pesquisa, o vínculo, que retoma a importância da singularidade, da construção de redes, da integralidade do sujeito na assistência prestada pelos profissionais. Repensar as práticas do cotidiano aplicando novas ferramentas de cuidar e exercer a saúde.
metadata.dc.description.abstractother: The mental health area has been a pioneer in the discussion and use of the concept of public politics networks in mental health, management and planning, intersectoral and organization of mental health services and practices. However, this network building is crafted in order to suggest the potency of life and human relations forming affective bonds and relational technologies that enable the networks production of health care. The word “bond” is usually used in the sense of emotional connection between two subjects. There is bond, when there is acceptance of the other as a legitimate other in coexistence. When there is emotion, reflection, desire of interaction and respect for the autonomy of each of those involved. This research takes as focus map and analyze the bonds constructed in CAPS Ad Alameda de Niterói user’s perceptions and has as specific objectives to identify the careful points of the health mental CAPS Ad Alameda users in health services and know the linkages constructed in its conception by the user of mental health from CAPS Ad Alameda in health services. This is a research of type case study with a qualitative approach utilizing as a tool for analyzing the therapeutic itinerary scoring linkages of health services. As research instruments were used: observation script structured to collect in the records, the technique of participant observation in the patients’ monitoring, use of a field diary and unstructured interview. After data collection, they were exposed to the analysis and grouped into three topics. On the topic Approaches and U linkages while monitored during the CAPS Ad we observe the entire user route on health network seeking their ties constructed in this process; on the next topic named Analysis of Linkages, using the User’s Conceptión of CAPS Ad, we evaluate the subject speech in parallel to the perception of links brought by authors we seek to understand how to produce the formation of these relationships for the patient; on topic Therapeutic Itinerary, mapping of Care Points, we delimited the services used by the user. The results of this process of health care that comes from the production of links by subject occur during treatment, seeking new production of relationship and understanding the different ways in which this subject constitutes its ties in life. We identified their connections to health services and how they succeed modifying its dynamic caring. We conclude that to work the process of mental health caring about alcohol and other drugs we need to be fine tuned with concepts like addressed in this research, the link that takes the importance of uniqueness, building networks, the completeness of the subject in the assistance provided by professionals. Rethinking the practices of everyday life by applying new tools to care and exercise the health.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7134
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Laís Macedo Angelo.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.