Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7138
Title: O tom do cuidado ao cliente onco-hematológico: um estudo do uso da música durante a hospitalização
Authors: Deus, Matheus Cavalcante de
metadata.dc.contributor.advisor: Espírito Santo, Fátima Helena do
metadata.dc.contributor.members: Espírito Santo, Fátima Helena do
Claro, Lenita Lorena
Braga, André Luiz de Souza
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Citation: Deus, Matheus Cavalcante de. O tom do cuidado ao cliente onco-hematológico: um estudo do uso da música durante a hospitalização. 2013. 75 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, 2013.
Abstract: A música é conhecida há séculos por produzir efeitos no ser humano. Desde o séc. IX a música é integrante da medicina. Hoje, com o desenvolvimento da tecnologia, surgiram novos medicamentos e maquinários, começando uma nova era terapêutica. O tratamento não-farmacológico tem igual importância, porém nem sempre tem o mesmo reconhecimento da implementação no cuidado integral dos sujeitos. O câncer é uma das doenças crônicas não-transmissíveis mais comuns nos últimos anos, se tornando um problema de saúde pública. O sujeito com câncer sofre mudanças não apenas fisiológicas, mas por causa de todo o estigma envolta dessa doença, comprometimentos emocionais e espirituais também são comuns nesses pacientes. Portanto, o tratamento a ser dado a esse sujeito não deve ser focado apenas na cura da doença, mas no completo bem estar, precisando assim, de terapias complementares que visam a integralidade do cuidado, sendo a música um dos instrumentos indicados para isso. Com isso, esse estudo é sobre a utilização da música durante a hospitalização de clientes onco-hematológicos, tendo como objetivos descrever o significado da música para o cliente onco-hematológico hospitalizado e analisar a relação música, cuidado e saúde a partir da perspectiva desse cliente. Estudo de natureza qualitativa do tipo descritiva-exploratória, cujos sujeitos foram 10 pacientes com Leucemia e Linfoma hospitalizados no setor de Hematologia de um hospital geral localizado no município de Niterói - RJ. Para a coleta de informações, foi usada entrevista semi-estruturada, com o objetivo de conhecer o sujeito da entrevista e suas opiniões relacionadas à música e saúde. Após a organização e análise das categorias, constatou-se que a música para os clientes significa o resgate de seu passado, com vivência de memórias episódicas e identificação de suas histórias nas músicas, e também observou-se que todos os clientes acham que a música pode favorecer a recuperação de sua saúde, principalmente por produzir efeitos relacionados às emoções. Assim, concluímos que a música pode ser um potencial aliado para o tratamento integral desses clientes, porém há a necessidade de maiores investimentos de estudo desse tipo para a sensibilização de profissionais da área da saúde quanto à importância desse tipo de tratamento.
metadata.dc.description.abstractother: Music is known for centuries for producing certain effects over the human being. Since IX century, music is a part of medicine. Nowadays with the technology development, it has come to life new medicaments and machines, starting a new therapeutic era. The non-pharmaceutical treatment has the same importance, however not always has the same recognition in the implementation in the overall care of the being. Cancer is a non-transmissible chronic disease extremely common in the past years, becoming a problem of public health care. The person with cancer suffers many changes, not only physiological, but also due to the stigma around this disease, emotional and spiritual committals are very common in these patients. Therefore, the treatment to be delivered to this being shall not be focused only in the disease’s cure, but also in the complete well being of the patient, requiring complementary therapies that focus the integrality of the care, being music one of the indicated instruments to achieve this goal. Considering this, this study is about the use of music during the hospitalization of onco-hematologic clients, having as objective the description of meaning of music to the hospitalized onco-hematologic client and the analysis of the relation between music, care and health from this client’s perspective. This study has an exploratory-descriptive nature, in which there were 10 patients with Leukemia and Lymphoma, hospitalized in the Hematology section of a General Hospital in Niteroi – Rio de Janeiro State. In order to collect the information, it has been used a semi-structured interview, with the objective of knowing the person throughout this interview and his/her opinion towards music and health. After the organization and analysis of the categories, it has been noticed that music to clients means the ransom of their past, with the experience of episodic memories and identification of their histories over music and it has also been observed that all the clients think that music may support the recovery of their health, mainly for producing effects related to emotions. Therefore, we conclude that music may be a potential allied to the integral treatment of these clients, however, there is a need for further investments in this kind of study, in order to promote the sensitization of the professionals from the HealthCare area over the importance of this kind of treatment.
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7138
Appears in Collections:EEAAC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC Matheus Cavalcante de Deus.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.