Please use this identifier to cite or link to this item: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7196
Title: Abuso sexual incestuoso contra crianças e adolescentes e o silêncio das famílias e sociedade
Authors: Gomes, Joelma Teresinha de Souza
metadata.dc.contributor.advisor: Carli, Ranieri
metadata.dc.contributor.members: Teixeira, Bruno Ferreira
Pereira, Keidma Aparecida David de Almeida
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal Fluminense
Abstract: O problema do abuso sexual incestuoso está presente em todas as esferas da sociedade e representa uma forma de violência infantil tão silenciosa quanto cruel. Este trabalho objetiva apurar a percepção do leitor quanto aos motivos do silêncio das famílias e sociedade, quando inseridos no contexto de uma família incestuosa, com vista a fomentar a discussão de abordagens mais humanizadas para a tratativa deste assunto. Para compreensão deste fenômeno complexo, realiza pesquisa bibliográfica que busca referências na formação histórica da família monogâmica, no modelo de família patriarcal burguesa, na trajetória do amadurecimento da legislação internacional e brasileira e nos conceitos que envolvem a caracterização de ocorrências de incesto. Através do estudo de casos reais, provenientes dos depoimentos semiestruturados de quatro mulheres adultas, vítimas diretas ou indiretas desta forma de agressão, demonstra alguns aspectos da abrangência dos rebatimentos da revelação, ou não, do ato incestuoso que vivenciaram e os sentimentos de impotência e impunidade percebido pelos integrantes das famílias vitimizadas. Identifica como fatores contribuintes para o segredo das famílias, dentre outros, o tabu que envolve este assunto, o elevado índice de absolvições ou nulidades processuais em decorrência da falta de provas e o despreparo dos órgãos de acolhimento e proteção à crianças e adolescentes para tratar das necessidades destas vítimas e suas famílias. Conclui este trabalho discutindo os motivos da resistência da família patriarcal em permitir que o abuso sexual incestuoso seja tratado como uma expressão da questão social, preferindo tratar como uma questão privada a ser resolvida entre quatro paredes.
metadata.dc.description.abstractother: The problem of incestuous sexual abuse is present in all spheres of society and represents a form of child violence as silent as cruel. This study aims to clarify the reader's perception of the reasons for the silence of families and society, when inserted in the context of an incestuous family, in order to foment the discussion of more humanized approaches for the treatment of this subject. In order to understand this complex phenomenon, it performs bibliographical research that looks for references in the the historical formation of the monogamous family, in the model of the patriarchal family bourgeois, in the trajectory of the maturation of international and Brazilian legislation and in the concepts that involve the characterization of occurrences of incest. Through the study of real cases from the semistructured statements of four adult women, direct or indirect victims of this form of aggression, it demonstrates some aspects of the scope of the reactions of the revelations, or not, of the incestuous act they experienced and feelings of impotence and impunity perceived by members of victimized families. It identifies the contributing factors for the secrecy of families, among others, the taboo that surrounds this subject, the high rate of acquittals or procedural nullities due to the lack of evidence and the lack of preparation of the organs of reception and protection to children and adolescents to deal with needs of these victims and their families. It concludes this paper by discussing the motives of the patriarchal family's resistance to allowing incestuous sexual abuse to be treated as an expression of the social question, preferring to treat it as a private matter to be resolved between four walls
URI: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7196
Appears in Collections:RGS - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_JOELMA.pdf4.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.